Mostrando postagens com marcador Taki Oldham. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Taki Oldham. Mostrar todas as postagens

05 agosto, 2020

[Doc] O Assassino Confesso (2019)


Introdução 


Na Década de 80, Henry Lee Lucas ficou famoso depois de confessar cerca de 200 de assassinatos.
Parece que Henry Lee "só" cometeu mesmo 3 assassinatos durante sua vida - todo os resto teria sido forjado com a ajuda da incompetência policial da época.
Na prática, décadas depois, nenhum exame de DNA o ligou a qualquer desses crimes e em cerca de 20 deles foi achado o verdadeiro criminoso


Conspiração Policial 


Aparentemente, houve um conluio entre policiais de diferentes cidades americanas em  atribuir a Lucas a autoria dos crimes - ele era um mentiroso patológico e confessava os mais diversos crimes em troca de um melhor tratamento (comida + acomodações) atrás das grades.

A situação atingiu proporções nacionais e gerou um expressivo reconhecimento positivo da atuação dos meganhas. Mesmo com parte da imprensa fazendo críticas contundentes, o embuste parecia seguir firme, apesar de suas contradições.

Tudo ia bem até que um promotor resolveu investigar os policiais que participavam das investigações (dado que era impossível um só homem ter cometidos tantos crimes em locais tão distantes em momentos tão cronologicamente próximos) - daí a estória toma um clima de espionagem:

Um grupo de policiais, inclusive a elite da segurança pública do Texas resolve grampear o telefone da casa do promotor, matam o cachorro dele, revistam legalmente a casa, combinam estórias falsas de suborno com a televisão local incriminando o promotor - tudo isso o leva a julgamento de onde sai inocentado, mas resolve abandonar a carreira pública. Pelo menos ganhou cerca de 40 milhões em indenização judicial da emissora de televisão: filhos traumatizados, casamento terminado em divórcio, mas ficou rico.

Erro Judiciário Histórico


Vários dos casos confessados por Lucas foram a julgamento levando-o a condenação - em outros, por ele já estar preso e condenado a prisão perpétua, a investigação foi encerrada ainda em sede policial. 

Isso gerou a impunidade centenas de criminosos, mas a policia tende a criar resistência para reabrir um caso de 40-50 anos atrás. Enfim, crime perfeito existe, mas só com a ajuda do próprio Estado.

Conclusão 


Henry Lee Lucas morreu de causas naturais enquanto tentava cumprir a primeira de suas perpétuas.

Essa minissérie documental é desnecessariamente longa (há vários trechos repetidos), mas interessante.

Nunca confie no Estado.

Recomendo o filme.

Grande abraço!


________________________________________