Arquivos

Mostrando postagens com marcador Paraty. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Paraty. Mostrar todas as postagens

28 março, 2016

[Viagens] Férias em Paraty/RJ (2016)


Não comi nesse restaurante, mas achei o nome curioso,
pois não sei se paga direitos autorais.
Já é a terceira vez que visito esse destino (algumas fotos ao final).

Não adianta: chega uma hora em que devemos descansar para por as ideias em ordem. Os gastos a mais feitos são refletidos em uma maior saúde mental e em lembranças que guardaremos por toda a vida. 




Lugares Interessantes 


De toda forma, a vida é passageira e temos que aproveitar um pouco:

Pousada: indico a pousada Sonho Meu (de baixo custo e organizada, só não me hospedei nela dessa vez pois estava em obras. Se a grana estiver curta, Paraty tem muito, mas muito hostel). 

Restaurante de Baixo custo: Self service Popular Amarelinho ou alguma tranqueira do Carlão Supermercado (não é um restaurante, mas é barato para se alimentar).

Passeios de Baixo Custo ou Gratuito: praia do pontal, praia de jabaquara, Forte defensor perpétuo e Trindade (nesse último tem que pegar um ônibus capenga, mas as praias são maravilhosas)

Melhor Lanche: Piratas Burguer (hambúrguer artesanal a preço acessível)

Academia de Baixo Custo: Foto abaixo. Indico correr na avenida do canal (Av. Octávio Gama - só não corri, pois fiquei com preguiça, mas o ambiente é ideal).



Academia de pobre, mas funcional ao ar livre na praia do pontal



Descanso mental



Concordamos com o site Valores Reais:




"Descansar é uma atividade essencial ao ser humano. Faz parte da vida ter momentos de trabalho e de descanso, de preferência de modo alternado, para evitar que haja um desgaste desnecessário decorrente de trabalho excessivo, que pode, inclusive, causar doenças e problemas de saúde, notadamente o stress. Assim, as férias constituem importante instrumento de descanso físico e mental, além de serem uma fonte extra de remuneração, já que o período de férias deve ser acrescido do pagamento de um adicional correspondente a 1/3 do salário normal, conforme determinação expressa da Constituição Federal."




E também com Lucas Vinicio:





"não deixem de viajar. Não importa se for um passeio para perto, não importa se é para ficar na casa de alguém ou em algum camping ou hostel. Desde que caiba em seu orçamento, passeie. Mesmo que for para perto, ou um bate-volta. Afinal, viajar não é apenas ir para longe e hospedar-se. Viajar envolve nossas mentes e o estado de espírito livre no qual nos desconectamos das engrenagens da rotina. É importante não nos deixarmos viciar, não ficarmos como Chaplin em Tempos Modernos... Mesmo que não saiam de casa, meus amigos, viagem. Esta é minha mensagem a vocês. "



Baixa estação




Obtivemos as seguintes vantagens tirando férias na baixa estação:




  • Economia de tempo (menos gente em filas e coisas assim)
  • Preços mais em conta (nas pousadas, pelo menos): gastamos cerca de 800 reais em 5 dias de diárias na pousada La Cigale. Normalmente ficaria na pousada Sonho Meu, mas esta estava em obras.
  • “Colamos” as férias no feriado (para ajuda, consulte o site Folga Extra)
  • Indo na contra-mão da multidão (sem engarrafamento para ir ou voltar)

Fica a dica!



Jabaquara








Vista da subida do forte defensor perpétuo 












Vista de trilha lateral ao forte

28 março, 2015

[Viagens] Férias em Paraty (2015)


Não sou muito de viajar. Adoro realmente ficar em casa com meu pequeno acervo, mas ao menos uma vez ao ano gosto de abrir uma exceção. 

Ano passado conheci Paraty (RJ) e esse ano retornei, sendo que dessa vez dei mais valor a conhecer Trindade que fica a uns 40 minutos de Paraty.

Em resumo: viajar possibilita um afastamento e uma consequente higiene mental que compensa os custos.

Grande abraço!