Arquivos

Mostrando postagens com marcador Imóveis. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Imóveis. Mostrar todas as postagens

26 junho, 2020

Casa Sustentável e Finanças

Repositorio.ufsc.br: Casa das Guaracemas, em Florianópolis


Introdução 


Vejo muito gente na blogosfera financeira falando de imóveis apenas como ativos.

Não que isso seja ruim, mas acho utilizar ideais da discussão de sustentabilidade também seria interessante:

a escolha dos materiais corretos poderia tornar mais barata a construção de quitinetes para quem pretende viver de aluguéis e certos cuidados na elaboração do projeto poderia diminuir o custo do imóvel próprio  - estou falando de estratégias que garantem economia de água, conforto térmico, permeabilidade do solo, entre outros exemplos que podem ser incorporados aos projetos de arquitetura em todas as escalas. 


Projeto Casa das Guaracemas




Projeto referência em arquitetura que se preocupa com a economia dos recursos naturais. A Casa das Guaracemas, em Jurerê Internacional, foi projetada pelo arquiteto, professor e coordenador do curso de Arquitetura e Urbanismo na UFSC, José Ripper Kós, que também participou da pesquisa para a Ekó House, projeto que ficou em terceiro lugar no Solar Decathlon Europe 2012 – um dos mais importantes concursos internacionais de casas solares.


Conclusão


Estratégias que garantem economia de água, conforto térmico, permeabilidade do solo, entre outros exemplos podem ser incorporados aos projetos de arquitetura em todas as escalas e gerar economia. 

Grande abraço!

http://greentopia.com.br/casa-das-guaracemas/

____________________________________________________________

19 novembro, 2019

Imóvel para Moradia - Estratégias para comprar


 
Foto de Sarah Trummer no Pexels



1 - Introdução


Ultimamente me veio a ideia de juntar dinheiro novo por alguns anos para comprar um imóvel.


Isso, porque dentro da educação financeira o ideal seria poupar antes em Renda Fixa e, quando tiver o valor, comprar a vista.


No presente post vou elencar as dicas que coletei no fórum do Bastter, mas a sistematização é minha.


2 - Em qualquer Caso 


2.1 - Reserva de emergência - Manter reserva de emergência: pelo menos 6 meses de despesas fixas mensais em poupança

2.2 - Liquidez - nunca perder sua liquidez, ou seja, nunca gastar o patrimônio inteiro para para comprar um imóvel.

Valor do imóvel ou reforma: não pode ser superior a 50% do seu patrimônio - esse percentual e variável, pois nunca se deve perder a liquidez para se comprar um imóvel. De qualquer forma, o imóvel deve caber no orçamento e na realidade socio-financeira do comprador.

2.3 - Dívidas - Quitar ou evitar dividas em geral


Financiamento - evitar ao máximo, somente financiar se tiver saldo no FGTS alto e tiver um plano rápido para quitação da dívida do imóvel.


3 - Adquirir Imóvel Pronto


3.1 - Contratar um advogado: esse profissional é necessário para verificar a situação jurídica do imóvel e do vendedor, além de fiscalizar as cláusulas contratuais e demais formalidades.


3.2 - Não comprar imóvel na planta: o risco de comprar na planta é alto em razão de várias possibilidades e não necessariamente é mais barato que comprar um imóvel pronto. Pode acontecer por exemplo:


- Justiça embargar a obra
- Terreno ter alguma irregularidade descobertas posteriormente
- Invadirem o prédio na fase final
- Morrer gente na obra e a fiscalização paralisar tudo por vários anos


3.3 - Gosto e felicidade da família - elementos subjetivos, mas importantes: agradar a si mesmo e à família é importante no momento de escolher sua moradia.


Obs.: tenho um post sobre como escolher imóvel para alugar, mas que pode ser interessante de ler na hora de escolher um para comprar.

3.4 - Planejamento na Carteira de ativos - é interessante adquirir títulos do tesouro direito com vencimento próximo data prevista para a compra do imóvel. 


  • O ideal seria comprar apenas tesouro IPCA, mas como nem sempre se encontra esse título com data de vencimento compatível com nosso planejamento, a solução é comprar tesouro SELIC. De qualquer forma, deve-se acrescentar 6% sobre o custo do imóvel para pagar as despesas da transação, inclusive o ITBI.

4 - Construção ou reforma


4.1 - Contratar um arquiteto - sem arquiteto não há projeto e sem projeto não há como se calcular os custos da construção ou reforma.

4.2 - Custos - além de serem calculados com base no projeto, recomenda-se fazer uma reserva adicional de  20 a 25% do valor inicialmente calculado como custo da construção ou reforma em razão de imprevistos.


  • Obs.: creio que vale a pena criar uma planilha ou outra forma de registro para anotar as váris compras de material e o custo delas durante a reforma. A experiência do Jotabê é interessante em um momento desses.



5 - Outros cuidados



  • Na hora de comprar a casa, compre aquela de que você gosta.
  • Apoie o síndico do seu prédio. Ele está prestando o serviço que você não quis: se tiver queixas, converse com ele, a sós, civilizadamente. Se isso não resolver, reclame na reunião.
  • Comprar a casa mais velha - ou a menor - de uma rua boa é muito mais negócio do que comprar a casa mais nova - ou a maior - de uma rua ruim
  • se for comprar um apartamento antigo, escolha um prédio sólido e em boas condições. A portaria não precisa ser luxuosa. Uma portaria simples, mas limpa, não atrai assaltantes, e o condomínio é mais baixo.
  • uma vista mais bonita melhora a qualidade de vida e valoriza a sua casa
  • se você está à frente da reforma da sua casa, trate os pedreiros como ser humanos. Sorriso, café e água fresca ajudam, mas não precisa distribuir bombons
  • o mais importante numa casa é a chamada "boa ossatura". Portanto, durante a reforma, questione se as janelas estão no lugar certo ou se a porta de entrada não ficaria melhor se fosse dupla.
  • A casa tem que funcionar para você, e não você funcionar para a casa.
  • nunca deixe um arquiteto, ou decorador, impor-lhe um estilo
  • gaste tempo resolvendo a iluminação
  • se você mora sozinho, quadros encostados em vez de pregados na parede e a ausência de armários embutidos dão ao apartamento uma sensação refrescante de impermanência
  • se você comprar um imóvel para vender, pinte de branco
  • canos: disfarce os canos aparentes, no banheiro ou na cozinha, pintando-os da mesma cor da parede. mas para dar um efeito de escultura, pinte os canos aparentes numa cor contrastante

6 - Conclusão


Monte sua reserva de emergência, quite suas dívidas, monte uma carteira de renda fixa com tesouro direto para adquirir, construir ou reformar um imóvel.

Grande abraço!



____________________________________________________________________



Tirei esse esquema do livro do Halfeld. 

16 setembro, 2019

[Livro] Investir em Imóveis (2013)/Gilberto Benevides e Wang Chi Hsin

Photo by Alexander Krivitskiy from Pexels


1 - Introdução


Publicado pela editora Évora, passei a me interessar mais pela obra ao folhea-la numa livraria (comprei pela web, claro).  São 128 páginas que muito acrescentam.



- Por que investir em imóveis? A explicação é simples; é um tipo de investimento menos sujeito (mais resistente) a variações negativas do mercado e do governo (lembra do confisco da poupança?)

- A venda de imóveis: Quando vender um imóvel procure uma imobiliária especializada no tipo de imóvel que deseja vender.  Exemplo: Não é o ideal procurar uma imobiliária urbana para a venda de um lote rural.

- Cuidados legais: procure um advogado experiente e confiável da área imobiliária, pois é melhor pagar os honorários dele do que perder anos de economia.

- Administração imobiliária: o investidor deve colocar o imóvel em nome de uma pessoa jurídica, com previsão no contrato social de locação de imóveis, para obter um melhor tratamento tributário.

26 agosto, 2018

Como Morar Sozinho

Foto: pexels


1 - Introdução


Sair de casa não é fácil. 


Então você precisa de toda ajuda disponível. 


Este post foi para ajudá-lo.




2 - Recomendações



2.0 - Delimite o seu objetivo

Descubra porque você quer sair de casa e faça dois pés-de-meia antes de sair: 
  • um para mobiliar a casa e
  • outro como reserva de emergência.

Converse com amigos que já moram sozinhos, faça todas perguntas possíveis e solicite que eles te contem como foram os primeiros meses.
Não brigue com os pais quando sair, agradeça (muito), partilhe suas preocupações e sua necessidade de experimentar o mundo sozinho, sempre mantendo um bom relacionamento para, se preciso voltar, para casa. 
No seu interior chute pra longe o orgulho e achar que sabe tudo, aprenda o máximo possível com dicas, erros e acertos dos outros, e escute sempre os mais velhos (os que querem sua vitória e crescimento, cuidado com os que querem o inverso). 

Siga sempre filtrando os conselhos e adequando a sua realidade e do tempo atual: alguns conselhos nunca envelhecem.



2.1 - Tenha uma renda estável e, se possível, uma renda extra

Se emprego estável está difícil, então analise sua versatilidade em arrumar outro emprego rapidamente.

Seja multiuso, conseguindo fazer "bicos" pra complementar sua renda.

Depoimento de um colega: "Eu sempre complementava minha renda com alguns freelances, embora não fosse muita grana sempre ajudava. Eu trabalhava em fins de semana em algumas baladas. Também fazia alguns frees em um restaurante de meio dia, ganhava o almoço e ainda mais uns trocos, ao final do mês, ajuda muito!"


2.2 - Faça as contas (Orçamento doméstico)


Use planilha do Excel, aplicativo de celular ou caderno para planejar o orçamento doméstico.

As contas para pagar são quase infinitas - IPTU, condomínio, água, luz, gás, Netflix, internet, aluguel. 

Pague as contas em dia, se não pagar vai se ferrar e muito.

Não extrapole no produtos contratados: se pode ter uma internet inicialmente de 10MB e que ira te atender não contrate uma de 100MB.

Não comprometa toda sua renda com contas do lar, sempre calcule para ter uma graninha para diversão e outra para poupar/emergências. 

Se ainda não é capaz disso e você tem a opção de ficar na casa dos pais não mude.


2.3 - Opte entre 3 opções:







  • A - construir seu cantinho (apesar dos impostos - IPTU e taxa de incêndio -  não terá aluguel e condomínio mensal), 
  • B - comprar à vista (idem anterior) ou 
  • C - alugar. 


A escolha é sua e todas essas opções tem vantagens e desvantagens. 
Lembre-se que "você pode assumir risco grande de dano pequeno, mas não pode assumir risco pequeno de dano grave" (Bastter). 
Exemplo: roleta russa 85% de chance de sucesso e 15% de chance de morrer- risco pequeno de dano grave
Sobre construir ou comprar à vista o imóvel: Fique na casa dos pais até ter sua casa, nem que seja 3 cômodos, sala, cozinha, quarto, banheiro.
Lembre-se que um imóvel é um gasto caro, de baixa liquidez e de grande segurança.
Tirei esse esquema do livro do Halfeld.
Clique para ampliar

Sobre alugar: isso não pode comprometer mais de 30% de sua renda líquida e nem comprometer sua reserva de emergência.
Depoimento de um colega: Vamos lá amigo ou amiga... Eu saí de casa com 17 anos e fui morar sozinho em outra cidade no interior de SP apenas com 50 reais e uma mochila de roupa. Hj tenho 31 anos e levo uma vida tranquila. Mas vou te falar, eu sofri e comi o pão que o Diabo amassou. 
Você vai alugar uma casa? Alugue uma kitnet por temporada (pague adiantado os 3 meses que irá morar e more por 3 meses.. e vá levando) - assim vc não precisa fazer depósito caução. A casa será pequena e fácil de limpar.
A água terá um custo baixo e fixo - visto que uma pessoa sozinha não gasta muito. Tome banhos rápidos e, assim, gaste "pouca eletricidade". Um chuveiro de 5000 watts custa uns 40 reais a gasta pouca energia (dica). Um engenheiro é aquele que faz com 1 real o que outro qualquer faz com 2 rs...


2.4 - Tenha um transporte, conforme o caso.

Onde o transporte público é ruim, use:

  • Suas pernas,
  • Moto,
  • Bicicleta,
  • Carro,
  • Uber, 
  • Táxi.


Depoimento de um colega: Um relato pessoal, como comecei a trabalhar com 12 anos quis ter minha independência muito rápido e aos 18 anos sai de casa, maior burrice que fiz, passei vários apertos morei de aluguel, financiei carro, gastei muito para mobiliar a casa, e todos os gastos mensais me deixaram com cabelo em pé varias vezes não tinha como pagar todas as contas mensais, e como consequência tive meu nome sujo no mercado , e olha que não tinha nada que extrapolasse de gastos no meu mês.
Hoje após quase duas décadas estou tranquilo tenho uma vida razoavelmente boa sem preocupar tanto com dinheiro, e consegui conquistar alguns bens. Mas se conseguisse voltar atrás não sairia da casa de meus pais tão cedo, faria assim, terminaria a faculdade e compraria um carro (financiado), terminaria as parcelas deste financiamento, ia poupando um pouco de dinheiro por mês, e comprando algumas coisas para casa ao longo deste tempo.
Você tendo o conforto de estar na casa dos pais sem se preocupar em pagar, água, luz, telefone, comida etc.. Te dá uma gama de opções para crescer na vida financeira e buscar sua independência sem sofrer tanto pelo caminho. E outra coisa boa disso é que você poderá estar perto dos seus pais por mais tempo, depois não adianta arrepender a vida passa você querendo ou não.
Obs.: Carro? Confira a experiência do Corey.


2.5 - Aprenda a cozinhar alimentos saudáveis, rápidos e fáceis de fazer

Use e abuse Google, Youtube, etc para aprender.

Quando você cozinha você gasta uns 70% a menos que comer na rua.

Se ainda estiver na faculdade, coma no restaurante universitário (se houver claro).


2.6. Eletrodomésticos e Mobília

Tenha grana pra equipar seu cantinho com, por exemplo:

  • TV com Netflix e/ou PC/Note e Internet, 
  • Fogão, 
  • Panelas, 
  • Pratos, 
  • Microondas, 
  • Geladeira, 
  • Mesa e Cadeiras ou Puff, 
  • Sofá ou sofá-cama 
  • Cama ou sofá-cama, 
  • Colchão, 
  • Ar/Ventilador, 
  • Máquina de Lavar Roupa. 
  • Abridor de latas e garrafas
  • Assadeiras (um trio)
  • Avental (opcional)
  • Baldes
  • Cabides
  • Carrinho de feira (opcional)
  • Cesto de roupa (fica no banheiro)
  • Chaleira (opcional)
  • Coador (peneira pequena e grande)
  • Colheres de pau
  • Concha
  • Copos
  • Cortador de pizza
  • Descansos de panelas e de travessas
  • Desentupidores (de pia e de privada)
  • Escorredor de arroz e/ou macarrão
  • Escorredor de pratos, copos e talheres
  • Escumadeira
  • Espremedor de alho (opcional)
  • Facas variadas
  • Frigideira (essencial demais)
  • Funil
  • Garrafas de vidro para água ou suco
  • Jogo americano (opcional)
  • Lixinho de pia e/ou lixo para cozinha
  • Luva térmica
  • Panelas (incluindo panela de pressão)
  • Panos de prato
  • Panos de chão tipo saco
  • Pegador de macarrão
  • Pirex
  • Pratos
  • Pregador de roupa
  • Ralador
  • Rodo
  • Saca-rolha (opcional)
  • Saleiro
  • Tábua de carne
  • Tábua de passar roupa
  • Talheres
  • Tesoura de cozinha
  • Tigelas
  • Toalha de mesa
  • Tupperware (tamanhos variados)
  • Vassoura de pelo
  • Vassoura de piaçava

2.7 - Estude

Morar sozinho é um sonho, mas você deve aproveitar seu tempo estudando, faça um curso superior, faça os concursos, não deixe nada passar pois o que não lhe interessa agora pode te salvar depois


2.8 - Liberdade não é Libertinagem

O seu estilo de vida conta muito, se for pra sair de casa e virar um "porraloka", então nem saia ainda - amadureça mais antes de tentar. Se você não tiver disciplina então nem tente, só vai se ferrar. 

Se por acaso estiver namorando firme, uma renda dupla é melhor que apenas uma, então estimule ela a trabalhar também, quem sabe no futuro vocês juntam os trapos? Não subestime as mulheres, uma teen inocente pode se tornar uma mulher forte, e decidida conforme o caso.

Reserve pelo menos um hora do seu dia para organizar a sua casa. (Por parecer besteira, mas uma casa arrumada aumenta nosso auto-estima e melhora nosso espirito).

Nunca deixe pequenos problemas da casa para depois, se tiver que trocar uma lampada, troque o mais rápido possível. Se você puder resolver sozinho, evita de ter que pagar para um terceiro.

Livre-se dos amigos que querem que você passe seu dia todo com eles fazendo nada. Eles não são seus amigos. Eles são seus inimigos. Seus amigos devem torcer pelos seus interesses empresariais. Seus amigos não deveriam sugar todo o seu tempo valioso. Como vampiros, esses amigos o deixarão sem vida.

Depoimento de um colega: Evite sujar a casa de um modo geral. Tenha zelo pra evitar sujar tudo e ter q perder tempo fazendo limpeza todo dia. Chamar uma diarista pelo menos 2x/mês é uma boa ideia.
Eu mesmo sobrevivo hj assim... dia sim dia não eu varro meu apê e de 15 em 15 dias vem uma pessoa pra fazer uma faxina pesada e lavar minha roupa. Sim, eu passo 15 dias sem lavar roupa. Tive que aprender a me virar e ter roupa suficiente para esse tanto de dias pq se não iria falir com as diárias. É mais barato comprar algumas roupas a mais a pagar diárias de faxineiras.
Se vc tem planos de comprar maquina de lavar (o que é um luxo nos primeiros meses) é bom se certificar se terá espaço pra estender a roupa para secar além do tempo que gastará para passar eventuais roupas que necessitem. Particularmente, não tinha essa opção pq meu apê é um aperto e não tenho muito espaço pra estender muita roupa então para mim a opção de deixar a faxineira lavar tbm minha roupa era a melhor.
2.9 - Limpeza em Geral

– Não deixe pra limpar amanhã o que pode limpar hoje.

– Nunca use faca para descongelar a geladeira;

– Tenha 10 panos de chão;

– Limpe o fogão sempre que lavar a louça. 

– Para a casa não ficar com cheiro de mofo, borrife Lysoform com essência;

– Aquele congelador precisa ser descongelado a cada três ou 6 meses;

– Se for usar produtos como cloro, álcool, vinagre ou água sanitária, use um borrifador;

– Quando for limpar algo com água sanitária, não use água quente (como do chuveiro, por exemplo), pois a água quente faz tudo evaporar e respirar isso realmente não é saudável.

– Quando deixar panos ou qualquer coisa de molho em água sanitária ou cloro, enxague com amaciante ou até mesmo vinagre para cortar o efeito, esses produtos limpam mas podem acabar com as roupas/panos;

– A mistura água+vinagre+amaciante em um borrifador ajuda a tirar cheiro ruim do sofá/colchão! Se acrescentar 1 colher de bicarbonato, a mistura deixa o box do banheiro brilhando;

– Passe hidratante para pele (esses normais de todo dia) em suas roupas e sapatos de couro e/ou corino antes de guardar. Isso previne o ressecamento da peça, além de prevenir mofo e rachaduras;

– Os minutos que vocês gastam separando roupa branca/colorida/jeans para lavar é compensado na durabilidade das roupas;

– Não bote roupas pra bater, se não for ter tempo de estender;

– Se o clima estiver muito úmido (chovendo), lave as roupas e não coloque amaciante. 

– Guarde a roupa assim que tirar do varal;


2.10 - Conselhos Finais


Quando o banheiro tiver um aquecedor dentro dele NUNCA fechem o basculante.

Sempre verifiquem se os botões do fogão estão desligados. Cuidado com roupas, aventais e panos de prato na beira do fogão. Se o fogo passar para dentro de uma frigideira, JAMAIS joguem água. Desligue o fogo e coloque uma tampa de panela em cima.

Sempre verifiquem se a porta está trancada.

Muito cuidado com cortinas na tomada do ar-condicionado e também com lençóis e edredons em tomadas perto da cama. Muitos incêndios começam assim.

Cuidado com janelas abertas. Sempre há a possibilidade de um vizinho mal-educado jogar um cigarro aceso pela janela e pegar fogo em almofadas, sofás, colchões, etc.

Tela na janela sempre é bom. Não impede a entrada de baratas mas impede a de morcegos.

É sempre bom ter duas latas de Baygon em casa: uma na área e outra no quarto ou banheiro.

Nunca cubra abajur com papel ou lençol. Não deixe nem mesmo ficar encostado.

Muitíssimo cuidado com velas quando faltar luz. Elas devem ficar coladas de preferência no centro de um recipiente de vidro, maior que elas. Se tombarem não vão causar incêndio.

Muitíssimo cuidado também para NUNCA esquecer a tomada do ferro ligada.

Panela de pressão: ela não pode ficar totalmente sem água e a tampa NUNCA pode ser aberta sem tirar toda a pressão. Coloque sempre o “timer” para lembrar-se de verificar de vez em quando. Apague o fogo, solte a pressão, abra a tampa e verifique se tem pouca água. 

Nunca confie em grades e esquadrias de janelas: ela pode despencar.

Procure sempre lavar logo as roupas. Dá para passar rapidinho se houver necessidade (e luz), mas lavar já complica, mesmo que tenha secadora, e, de mais a mais, às vezes, uma gotinha de qualquer coisa que a gente nem percebe, vira uma mancha, portanto, é melhor acumular sem passar do que sem lavar.

A primeira vez que se lava uma roupa (com exceção das brancas) deve ser sempre à mão para ver se sai tinta. Se sair, depois de enxaguada, colocar em um pouco de água limpa misturada com vinagre. Não precisa enxaguar depois. Pode ser água com sal também, mas na hora de passar geralmente fica esbranquiçada, então, prefiro vinagre. O importante mesmo é que ela não fique escorrendo. Se puder centrifugar na máquina é o ideal. Sempre pendure as roupas do lado do avesso para não fazer marca do secador, não perder a cor e não sujar de gordura.

Evite fazer frituras, pois mesmo que não respingue muito, tipo batata frita, a gordura voa pela casa toda, chão, paredes, móveis, sem falar no nosso interior. 

Trate muito bem os vizinhos e os porteiros, pois na hora da emergência são eles que estão por perto.

Se for consertar alguma tomada ou qualquer coisa elétrica, não se esquecer de desligar todos os disjuntores.

Se faltar água e for sair, verificar se está deixando todas as torneiras fechadas. 

Se forem ficar alguns dias fora de casa, não se esquecer de jogar o lixo fora antes de sair, pois dá bicho e fede muito.

Não entulhar o freezer de coisas para congelar. Pode faltar luz e o prejuízo vai ser grande.

Se tiver panela com cabo, não esquecer que ele nunca deve ficar virado para fora do fogão. 

Na cozinha tem que ter uma janela ou basculante sempre aberta.

Não usar telefone, mesmo celular, e chuveiro elétrico quando estiver relampejando.

Não é bom lavar a cozinha e o banheiro com muita água, nem esfregar muito a vassoura, pois isso vai tirando o rejunte e provocando infiltração. É melhor usar pouca quantidade de água e passar o pano de chão, até porque, dá menos trabalho.

Se arrebentar a corda do secador de roupas, é melhor fazer o caminho com a corda nova antes de tirar a velha. Tem 3 tipos de corda: De nylon, de algodão e de seda. Eu prefiro a última.

Nunca comentem em elevadores ou lugares públicos que estão indo ao banco ou saindo de viagem.

3 - Conclusão


Michael Jordan disse: 

“Eu errei mais de 9.000 arremessos na minha carreira. Perdi quase 300 jogos. Em 26 oportunidades, confiaram em mim para fazer o arremesso da vitória e eu errei. Eu falhei muitas e muitas vezes na minha vida. E é por isso que tenho sucesso.”

Você pode e deve usar todo o tempo que tem para evoluir. 


Eduque-se. Comece pequeno e pense grande. E faça algo grande.


Grande abraço!


_____________________________________________________ 



Fontes


  • https://www.buzzfeed.com/davirocha/trago-verdades-muito-duras-sobre-morar-sozinho?utm_term=.ohQpwPpEKW#.deQbjYbLdx
  • http://apezinho.com.br/contar/a-odisseia-de-morar-sozinho/
  • https://morandosozinha.com.br/meus-pais-nao-me-entendem-quero-morar-sozinha/
  • https://www.youtube.com/watch?v=X5rbeIJ5Hm8&t=1067s
  • http://apezinho.com.br/mudar/conselhos-de-mae/
  • https://acervost.blogspot.com/2018/02/livro-eu-sa-2015gene-simmons.html
  • http://apezinho.com.br/manter/odisseia-de-morar-sozinhoa-volume-1/
  • http://apezinho.com.br/mudar/cha-de-casa-nova/

Agradeço aos seguintes colegas pelas ideias e relatos desse post:

  • SuperK,
  • Beijinha,
  • Fabaao,
  • Beerman,
  • Tullius,
  • Tabr1s,
  • e outros.

11 fevereiro, 2018

Como Alugar Um Bom Imóvel

 

pexels

Atualizado em 2021

Introdução


A maior parte da minha vida morei em casas e penso que elas podem até ser melhor para morar, mas atualmente prefiro apartamentos por serem mais práticos pelos seguintes motivos:


  • Salvo no interior, são mais fáceis  e baratos de administrar, principalmente quando se busca a IF e se viaja nas férias;
  • Não tenho ideia do tamanho da família que formarei;
  • Não tenho ideia de onde e quando comprarei meu primeiro imóvel.



Critérios de Escolha


São eles:

  1. Localização
  2. Área útil
  3. Estado de conservação
  4. Preço
  5. Acústica
  6. Temperatura


1 - Localização

o imóvel de ser perto do que você precisa que seja perto (localização positiva) e longe do que você precisa que fique longe (localização negativa).

Vale a pena morar longe de rodovias, vias movimentadas ou indústrias em razão da emissão de gazes poluentes e não só pelo barulho. 


Uma vantagem de quem mora no interior é o ar puro.

O ideal é morar perto, mas não ao lado do trabalho. Uma distância razoável permitirá que você caminhe, o que é bom exercício.
Também deverá ser próximo a pontos de comércio (supermercado, academia e drogaria) e meios de transporte (ônibus, trem, metrô).
A depender da sua vida, você precisará morar longe de certos parentes e de ex-namoradas.
Você também deve morar longe de áreas de conflito entre polícia e bandidagem, pois ninguém que ser atingido em um eventual tiroteio, ainda que isso custe mais caro. Evite morar em favelas e proximidades de presídios.


2 - Área útil

a importância do tamanho do imóvel vai depender do tamanho da sua família. Alugar um imóvel para ostentar é jogar dinheiro no lixo. 

Solteiros vivem bem em quitinetes ou em apartamentos básicos de quarto, sala, cozinha banheiro.
Casados ou companheiros sem filhos precisam de imóveis de dois quartos no mínimo. O segundo quarto servirá de home office e caverna masculina, onde ele "poderá se isolar de sua mulher menstruada por algumas horas e voltar a ser feliz".


3 - Estado de conservação

evite se puder imóveis mal conservados, pois isso evitará dores de cabeça. 

Normalmente, quanto mais antigo o imóvel, maior o grau de deterioração causada pelo simples decorrer do tempo. A exceção são os imóveis antigos reformados. 

Se o proprietário não sabe conservar o que é dele, imagino que não será um bom contratante. Eis alguns exemplos dos problemas mais comuns:

  • Fiação aparente ou com gambiarras;
  • Pisos soltando;
  • Problemas com alvenaria (reboco soltando: dê alguns soquinhos na parede para verificar a resistência);
  • Paredes com infiltrações;
  • Descarga sem força;
  • Morcegos no forro do imóvel;
  • Banheiro que apresenta mal cheiro, mesmo sem uso;
  • Imóvel sujo ou com entulhos;


4 - Preço

você não deve pagar um aluguel superior a 30 por cento de sua renda líquida e quanto mais abaixo desse limite melhor. 

Exceção ao limite de 30%:  quando você paga mais para viver em um bairro melhor e tem oportunidade de usufruir de serviços públicos de melhor qualidade que compensam o valor do aluguel mais alto. Exemplo 1: escola pública de qualidade para os filhos. Exemplo 2: transporte público de qualidade que substitui o gasto com  manutenção de um carro.

O critério do preço, se possível, só deve ser levado em consideração após a satisfação dos critérios anteriores (localização, área útil e estado de conservação).

Sempre pechinche o preço, pois você não tem nada a perder e o que não falta são imóveis para alugar.



5 - Acústica

imóveis barulhentos tirarão sua paz. Esse barulho pode ser causado por vizinhos ou por terceiros, como o caso de imóveis localizados em ruas de grande tráfego de veículos.

Se não houver solução melhor, use abafadores de ruído.

Amo animais, mas vizinhos com muitos animais de estimação podem atrapalhar seu dia, seja pelo barulho, seja pelo cheiro. Claro que depende da raça, pois há cães bem "comedidos" nos latidos, mas fique longe daqueles vizinhos que querem montar grandes canis no prédio que você quer morar. 

Como descobrir se o imóvel é muito barulhento? Você precisa visitar o imóvel em horários diferentes (dentro e fora do horário comercial) e em dias diferentes (dias úteis X finais de semana).
Caso Prático: "A tendência é quem aprecia o silêncio ser visto como chato pela grande massa desrespeitosa, mal educada e barulhenta. Barulho em excesso, para mim, anda de mãos dadas com falta de educação e ignorância, pequenez de alma.
É bem a cara do Brasil, um atraso. Moro em um bairro de classe média, segundo andar de um prédio pequeno com 20 apartamentos e é raro um instante de paz por aqui. Motos com escapamentos, aleatórios berrando na rua de madrugada, flanelinhas que só sabem se comunicar aos gritos, gente conversando em altíssima voz - que muitas vezes estão do outro lado da calçada, pasme - a qualquer hora do dia.
Também tem os vagabundos do apto térreo ao lado que dão festa em plena terça feira até o sol raiar, os filhos do vizinho correndo e gritando. Detalhe: ambos com mais de 10 anos e cada pisada estremecem as paredes do meu apartamento. Isso porque moram embaixo... Ah, e claro, o som alto. Sou obrigado a ouvir música de merda quase sempre.
Adoro música mas, como você, também não faço questão de ouvir o tempo todo. Por mim, até os supermercados poderiam abrir mão do som ambiente, seria maravilhoso fazer as compras com menos ruído.
Também sonho um dia me mudar para um lugar tranquilo, blindado acusticamente. Pelo bem da minha saúde física e mental. Sinto que cada dia estou mais irritado, mau humorado, prestes a enlouquecer e o motivo é o excesso de barulho que rouba a minha paz." (Anônimo)

6 - Temperatura: imóveis com tetos mais baixos são mais quentes, mas a temperatura, por óbvio, também depende da posição e intensidade em que os raios solares incidem na parede do imóvel, além de vários outros fatores. 

Em prédios, normalmente os andares mais baixos são menos quentes, mas mais vulneráveis a barulho. 

Conforme explica o Blog Casa Show:

"Normalmente, as casas e os apartamentos voltados para o norte terão iluminação e aquecimento praticamente o dia inteiro, de janeiro a janeiro. Isso é ótimo na teoria, mas você precisa levar em conta também a região em que a propriedade está localizada. Se sua cidade é excessivamente quente, por exemplo, não é tão vantajoso ter a incidência solar durante o dia todo, não acha? Outro detalhe que você precisa ter em mente é que não adianta escolher um imóvel voltado para a face norte se logo à sua frente há um grande prédio ou mesmo uma árvore frondosa obstruindo a passagem de luz e calor."

É claro que ar condicionado ajuda bastante, mas eleva o preço da conta elétrica. Daí a importância de escolher imóveis bem arejados e usar ventiladores (ventilador de teto é melhor, mas gasta mais energia que o ventilador de mesa).

Como descobrir se a temperatura é agradável? Você precisa visitar o imóvel em horários diferentes.


Conclusão


Enfim, acho que usar critérios de escolha pode ajudar na tomada de uma melhor decisão e espero ter ajudado. 

O ambiente afeta a todos e gastar mais para usufruir de um ambiente salubre pode ajuda a preservar sua saúde física e mental, te deixando mais feliz.

Grande abraço!

_____________________________________________________