Arquivos

Mostrando postagens com marcador Grigory Rodchenkov. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Grigory Rodchenkov. Mostrar todas as postagens

25 julho, 2020

[Doc] Icarus (2017)





O filme explica de que pelo menos desde de 1968 há um esquema informal e ilegal de fornecimento de dopping para atletas russos mantido pelo próprio governo russo.

Isso na prática é mantido por laboratórios governamentais que atuam sob ordens diretas do ministério dos esportes e conta também com ajuda de membras da policia secreta russa (antiga KGB). No passado eles compravam drogas da China e hoje sabe lá de onde vem essas vitaminas.
Recentemente (2012-2016) foi percebido que esse esquema, que beneficiou mais de 1000 atletas olímpicos russos, inviabilizava o ideal de competição justa nas provas internacionais.

Mesmo assim, após fartas provas (mais de 1.600 documentos) e investigações dos órgãos esportivos internacionais responsáveis por administrar medidas antidoping no sentido de que essa fraude é mantida pelo governo da Rússia, a instituição responsável pelos jogos olímpicos preferiu não banir os atletas, sob o argumento de que a política não pode prevalecer sobre o esporte.

Fica a sensação de que grandes esquemas de fraude (aqueles mantidos pelas instituições mais poderosas de uma nação) não podem ser derrubados e vida que segue.

Remissões: essa sensação de impunidade é mesma que senti ao ver documentários como Hard Nox (2018) e Mestre do Universo (2013), respectivamente sobre a indústria automobilística  multinacional Volkswagen e as instituições financeiras na Alemanha. O jogo premia o trapaceiro.

Recomendo o filme.

Grande abraço!


P.s.: vi no Netflix


____________________________________________________