Mostrando postagens com marcador Francine Jay. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Francine Jay. Mostrar todas as postagens

03 janeiro, 2018

[Livro] Menos é Mais (2016) – Jay, Francine: Um Guia Minimalista para Organizar e Simplificar sua Vida

 

Li o digital e li novamente no papel.

Introdução


Atualizado em Novembro/2017

Minimalismo é um tema que gostei de abordar aqui blog. O livro de Francine é bem legal (li o ebook) e podemos dizer que é uma bíblia do minimalismo em 200 páginas. 

O mérito dele é explicar racionalmente porque devemos ter menos coisas e desarmar certos gatilhos de mentais que nos levam a guardar itens inúteis por mero valor sentimental:

"Não tenha nada em sua casa que você não considere útil ou bonito"




Conselhos Úteis



Recomeçar: Tirar tudo da parte escolhida. Se for uma gaveta vire-a de cabeça para baixo e jogue todo seu conteúdo no chão. Se for um guarda-roupa, tire tudo até que cabides, gavetas e prateleiras fiquem vazios;

Separar: separe as coisas em tralha, tesouro ou transferência.

Tralha: jogue fora tudo o que for claramente lixo;
Tesouro: coisas que você estima de verdade, seja pela beleza, seja pela funcionalidade.
Transferência: todos os objetos em perfeito estado que não servem para você. devem ser destinados á doação ou à venda.

Garantir: que tenhamos um bom motivo para cada objeto;

Encontrar: um lugar para cada coisa e pôr cada coisa no seu lugar;

Manter: todas as superfícies vazias ao máximo.

Arrumar: as coisas em módulos.


 - Limite sua coleção a seus favoritos e livre-se do resto; - Limite seus materiais a uma caixa de armazenamento; - Limite as posses de cada pessoa em seu respectivo cômodo; - O limite máximo de suas posses é definido pelo tamanho da casa ou apartamento.


Impor: limites a novas posses.


 - toda vez que um objeto novo entrar em casa, outro parecido precisa sair.


Restringir: os pertences.


 - O objetivo é realizar o maior número de tarefas com o mínimo de posses.
 - Não existe um número mágico de coisas que alguém deve ter.



Manter: fazer uma manutenção diárias reaplicando as regras anteriores. 


Conclusão



Enfim, esse livro é uma cartilha completa e mostra que o minimalismo é um processo contínuo. 

E como Bruce Lee descreveria: "Não é o acréscimo diário, mas o decréscimo diário. Corte fora o que não for essencial".

Enfim, recomendo.

Grande abraço!


P.s.: sobre o mesmo tema, recomendo o livro abaixo:

 

post aqui.


___________________________________________________

Sites consultados: