Mostrando postagens com marcador Carlos Wizard Martins. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Carlos Wizard Martins. Mostrar todas as postagens

11 outubro, 2019

[Livro] Desperte o milionário que há em você (2012)/ Carlos Wizard Martins

Photo by keli Santos from Pexels




1 - Introdução



Mais um post, mais uma resenha.

Livro motivacional com conselhos interessantes.

Eis umas das citações que norteiam o pensamento do autor:

“Todo empreendedor bem-sucedido enfrenta o desafio do homem comum, incapaz ou sem disposição de se concentrar em uma tarefa e levá-la até o fim. Desatenção tola e irritante e trabalho malfeito parecem ser a regra geral. A incapacidade de atuar de forma independente, a inércia sem fim, a falta de vontade e a relutância em empenhar-se alegremente em uma obra são as causas que colocam o bem-estar da multidão em um futuro cada vez mais remoto. Infelizmente, muitas pessoas fazem apenas o mínimo exigido para evitar ser demitidas no final do mês. Se os homens não têm a iniciativa de agir em proveito próprio, que farão quando o resultado de seu esforço redundar em benefício de todos?”.


Não chega a ser uma leitura essencial, mas ajuda.


2 - Lições 


A crença mantida por muitos de que a pobreza revela a pureza do indivíduo não possui nenhum fundamento científico, psicológico ou espiritual. Em minha opinião, essa é apenas uma racionalização criada por aqueles que escolheram o caminho de menor resistência.


O falso empreendedor com a mente cheia de desculpas pensa assim: “É melhor não abrir um negócio por aqui. Já existe muita concorrência nesta área”. Pessoalmente, sempre achei interessante abrir uma escola de inglês onde há muitos concorrentes, pois isso demonstra que o setor de ensino é um excelente negócio, porque, do contrário, estariam todos falidos.


“Havia duas estradas no bosque. Em determinado ponto, elas se separavam. Eu peguei a estrada menos percorrida, e isso fez toda a diferença”.


Preparação encontra a oportunidade. Portanto, prepare-se e fique atento ao que acontece no mundo e ao seu redor. 


O sucesso acontece quando a preparação encontra a oportunidade. Portanto, prepare-se e fique atento ao que acontece no mundo e ao seu redor. Se você quer ficar bem, trabalhe para os outros. Se você quer ficar rico, trabalhe por conta própria.


“Os juros nunca dormem nem ficam doentes ou morrem; nunca vão para o hospital; trabalham durante domingos e feriados; nunca saem de férias; nunca fazem visitas ou viajam; não tiram tempo para lazer; nunca ficam sem trabalho nem ficam desempregados. Uma vez em débito, os juros são seus companheiros a cada minuto do dia e da noite; não há como evitá-los nem deles fugir; não se pode ignorá-los e sempre que com eles falhar em atender às suas exigências, eles o esmagarão”.


Com frequência, as pessoas me perguntam: como você consegue tanta motivação para realizar seus projetos? Vou contar um segredo. Enquanto eu ainda estava na universidade, comecei a formar uma biblioteca pessoal com livros motivacionais sobre o relacionamento humano, técnicas de liderança e finanças. Esses livros me deram direção e preencheram o vazio de uma alma faminta em busca da autossuficiência. Alguns desses livros cheguei a ler várias vezes. Cheguei a ler mais de cem livros para entender alguns princípios essenciais de como motivar a mim mesmo na busca do sucesso pessoal e financeiro. Eram obras que continham técnicas simples, porém fundamentais, de como estabelecer objetivos e alcançá-los, como lidar com as adversidades, como superar limites e, finalmente, como construir uma vida de prosperidade crescente.


Se você tiver dívidas, primeiro zere suas pendências. Não se deixe prender por falsas crenças do passado. Quem entende de juros recebe, quem não entende paga. Primeiro tenha uma atividade geradora de renda e só depois abrir uma empresa.


Theodore Roosevelt disse uma frase que aprecio muito: “É preferível arriscar coisas grandiosas, alcançar triunfo e glória, mesmo expondo-se à derrota, do que formar fila com os pobres de espírito, que não gozam muito nem sofrem muito, porque vivem nessa penumbra cinzenta, que não conhece vitória nem derrota”.


Observe o comentário do doutor Norman V. Peale: Há um modo de saber se você já está velho: qual é seu estado de espírito ao levantar-se pela manhã? A pessoa jovem acorda com uma estranha sensação de ânimo, uma sensação que talvez não seja capaz de explicar, mas é como se dissesse: ‘Este é meu grande dia. Este é o dia em que acontecerá uma coisa maravilhosa’. O indivíduo velho, não importa a idade, levanta com o espírito indiferente, sem a expectativa de que acontecerá qualquer coisa importante. Será apenas um dia como outro qualquer. Talvez espere que não seja pior. Algumas pessoas mantêm o espírito da expectativa aos 70 anos, outras o perdem cedo na vida.


Dedique seu tempo e sua energia àquilo que deseja alcançar. Não espere o mundo vir até você; você precisa ir ao encontro do mundo. Veja-se já de posse do que mais deseja alcançar. Siga o caminho do empreendedorismo.


Marque bem: parte da sua renda não lhe pertence. Parte do que você ganha pertence à formação de seu patrimônio e de sua fortuna pessoal. Saiba que se você não se ocupar em formar seu patrimônio e sua riqueza, ninguém fará isso por você.


Mudar nunca é tão simples. O que realmente está implícito não é a liberação do eu autêntico, mas a formação de um novo eu, um eu que transcenda gradualmente as limitações e a pequenez do antigo. Isso só pode ser feito procedendo-se de modo diferente ao interagir com outras pessoas. Novas estratégias terão de ser desenvolvidas, expressando as novas intenções e encorajando os outros a tomar parte recíproca em relações humanas melhores.


Defina a porcentagem que você vai separar ao receber qualquer dinheiro que chegue às suas mãos. Desconsidere o valor total de sua renda e viva apenas com o que não será destinado a formar seu patrimônio futuro. Antes de receber sua remuneração, faça um orçamento detalhado definindo o destino de seus recursos.


Um barco navega para o leste e o outro para o oeste. Ambos são levados pelo mesmo vento. É a posição das velas, e não a ventania que nos dá o rumo. Como os ventos no mar, assim é o destino; e quando viajamos pela vida, é a posição da alma que decide que rumo, não a calmaria, nem a rivalidade.


“Na medida em que o dinheiro é a qualidade dos serviços que prestamos aos outros, acumulá-lo é nobre. Na medida em que utilizamos nosso dinheiro a serviço dos que amamos, suprindo-os com todo o calor, conforto e segurança possíveis, o dispêndio é compensador e divino”.


Ralph Waldo Emerson, renomado filósofo americano, declarou: Nossa energia origina-se de nossa fraqueza. Só depois de sermos aferroados, picados e dolorosamente atingidos, desperta-nos a indignação armada com forças secretas. Um grande homem está sempre desejando ser pequeno. Enquanto está acomodado no conforto das vantagens, ele dorme. Quando é pressionado, atormentado ou derrotado, tem a oportunidade de aprender alguma coisa. Adquire sagacidade e maturidade. Ganhou fatos, aprendeu sobre sua ignorância, está curado da insanidade da presunção. Adquiriu moderação e habilidade verdadeira.


Identifique o que você está adiando fazer e que se fizesse resultaria em enorme Diferença em sua vida. Analise o que o impede de começar a fazer essas coisas imediatamente. Decida fazer essas mudanças, custe o que custar.


Transforme seu dom natural em fonte de renda. Desenvolva uma carreira naquilo que lhe traz prazer. Multiplique seus ganhos por um canal de distribuição de grande escala.


Prometa vencer a si mesmo fisicamente. Pense na ginástica que seu ídolo faz diariamente para manter a forma. Se você não for uma celebridade, não precisa fazer o mesmo. Basta controlar sua alimentação diária e submeter-se a um programa regular de exercícios. Caminhar ainda é a melhor forma de exercitar-se. 


Prometa vencer a si mesmo emocionalmente. Controle suas emoções e suas reações diante de adversidades. Respire fundo, conte até dez. Controle seu ambiente. Não permita que o ambiente controle você. 


Prometa vencer a si mesmo nas atitudes. Seu dinamismo, positivismo e entusiasmo serão as maiores ferramentas para suas realizações. Sua atitude no dia a dia determinará sua altitude na escalada da vida. Prometa vencer a si mesmo nas ações. Planejar é bom. Organizar-se é recomendável, porém seja firme na hora de executar. Não tema errar. Pior que errar é não tentar. Por isso, acima de tudo, faça. 


Prometa vencer a si mesmo na disciplina. Semeie pensamentos e colha ações; semeie ações e colha hábitos; semeie hábitos e colha um caráter; semeie um caráter e colha um destino eterno. Prometa vencer a si mesmo em princípios. Você só alcançará sucesso duradouro se suas ações forem regidas por princípios dignos, retos e justos. 


Prometa vencer a si mesmo profissionalmente. Decida fazer aquilo de que gosta, aquilo que lhe dá prazer, aquilo que eventualmente lhe trará reconhecimento e um retorno financeiro satisfatório. Prometa vencer a si mesmo financeiramente. Mais importante que ganhar é saber como guardar o dinheiro. Desenvolva o hábito de economizar regularmente parte do que você ganha. Afinal, para acumular 100 reais, é preciso primeiro guardar 10 reais. Para obter 1.000 reais, é preciso primeiro guardar 100 reais. E assim sucessivamente. 


Prometa vencer a si mesmo mentalmente. Como arquiteto de seu destino, utilize a argamassa dos bons pensamentos para construir a obra-prima de sua vida. Habitue-se a nutrir pensamentos elevados, nobres e edificantes. A boa leitura lhe ajudará muito nesse objetivo. 


Prometa vencer a si mesmo espiritualmente. Procure descobrir o propósito de sua vida, viver em comunhão com o Criador, receber orientação divina e seguir uma vida de fé.


3 - Conclusão 


Livro de conteúdo bastante motivacional.

Recomendo.

Grande abraço!

______________________________________________