Mostrando postagens com marcador 2010. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 2010. Mostrar todas as postagens

06 outubro, 2021

A Geração Superficial (2010 - Nicholas Carr): Resumo

 


A tecnologia muda a forma do cérebro


 Hoje, finalmente, começam a se dissipar as brumas que obscureciam a inter-relação entre a tecnologia e a mente. As recentes descobertas da neuroplasticidade tornam mais visível a essência do intelecto, e mais fáceis de assinalar seus passos e fronteiras. Elas nos dizem que as ferramentas que o homem usou para apoiar ou estender seu sistema nervoso — aquelas tecnologias que ao longo da história influenciaram como encontramos, armazenamos e interpretamos informação, como direcionamos a nossa atenção e ocupamos os nossos sentidos, como nos lembramos e como esquecemos — modelaram a estrutura física e o funcionamento do cérebro humano.

 Seu uso fortaleceu alguns circuitos neurais e enfraqueceu outros, reforçou certos traços mentais enquanto deixou esmaecer outros. A neuroplasticidade fornece o elo perdido para compreendermos como os meios informacionais e outras tecnologias intelectuais exerceram sua influência sobre o desenvolvimento da civilização e ajudaram a guiar, em um nível biológico, a história da consciência humana.


Entenda  o que perdemos


 a alienação é um subproduto inevitável do uso da tecnologia. Sempre que usamos uma ferramenta para exercer um maior controle sobre o mundo exterior, mudamos a nossa relação com esse mundo. O controle só pode ser exercido com um distanciamento psicológico. Em alguns casos, a alienação é precisamente o que dá o valor a uma ferramenta. Construímos casas e confeccionamos jaquetas de goretex porque queremos ser alienados do vento, da chuva e do frio. Construímos esgotos públicos porque queremos manter uma distância saudável de nossa imundície. A natureza não é nossa inimiga, mas também não é amiga.

(...) As funções mentais que estão perdendo a batalha das células cerebrais da “sobrevivência do mais ocupado” são aquelas que amparam o pensamento calmo, linear — aquelas que usamos para percorrer uma narrativa extensa ou um argumento elaborado, aquelas com as quais contamos quando refletimos sobre nossas experiências ou contemplamos um fenômeno externo ou interno. As vencedoras são aquelas funções que nos auxiliam a localizar, categorizar e avaliar velozmente porções disparatadas de informação em uma variedade de formas, que permitem que nossa mente não se perca quando somos bombardeados por estímulos. Não coincidentemente, essas funções são muito semelhantes às realizadas pelos computadores, que são programados para a transferência a alta velocidade de dados para dentro e para fora da memória. Mais uma vez, parece que estamos assumindo as características de uma nova tecnologia intelectual popular.


Não perca sua Cultura


 Em um ensaio recente, o dramaturgo Richard Foreman descreveu eloquentemente o que está em jogo. “Venho de uma tradição de cultura ocidental”, escreveu, “na qual o ideal (o meu ideal) era a estrutura complexa, densa e ‘ao modo de uma catedral’ da personalidade altamente educada e articulada — um homem ou uma mulher que trazia dentro de si mesmo uma versão pessoalmente construída e única de toda a herança do Ocidente.” 

Mas agora, continua ele, “eu vejo dentro de nós (eu mesmo incluído) a substituição de uma densidade interior complexa por um novo tipo de self — evoluindo sob a pressão da sobrecarga da informação e da tecnologia do ‘instantaneamente disponível’”. Quando drenam o nosso "repertório interior da densa herança cultural”, concluiu Foreman, corremos o risco de nos tornarmos "pessoas panqueca — espalhadas para os lados e finas à medida que nos conectamos com a vasta rede de informação acessada pelo mero toque de um botão”.


________________________________________________

01 outubro, 2021

[Livro] Quanto Menos, Melhor (2010)/ Leo Babauta




Uma pena estar esgotado, pois é permeado de boas ideias.

Esse livro complementa (acrescenta uns 20% de ideias, em especial o capítulo sobre rotinas) o outro do mesmo autor (Zen To Done), que nunca foi oficialmente lançado no Brasil; mas tem traduções feitas em português do Brasil disponíveis na Web.

Obs.: Aqui no Blog tem um resumo de Zen to Done para quem tiver interesse.

Enfim, se um dia encontrar esquecido em algum sebo, vale a pena muito mais do que a maioria dos outros livros de auto-ajuda.

Grande Abraço!





______________________________________________________

18 julho, 2021

[Dieta] John Romano (2010)

Não li esse livro.

Regras

 
Os seguintes ingredientes são de uso livre em todas as refeições: 

  • Espinafre 
  • Aspargos 
  • Couve-de-bruxelas 
  • Repolho-crespo 
  • Couve 
  • Brócolis 
  • Brócolis japonês ou 
  • outras crucíferas 

Uma colher de sopa de azeite de oliva ou de óleo de macadâmia pode ser usada como molho desde que você não tenha incluído meia xícara de nozes ou duas colheres de sopa de manteiga de amendoim na refeição. 

Nas opções com menor quantidade de gordura, você pode fazer um molho para salada usando um pouquinho mais de azeite: duas colheres de sopa de azeite de oliva ou óleo de macadâmia

Nada de milho, feijão, tomate ou cenoura, mas recomenda-se uma refeição de folga a cada sete a dez dias. Simples e eficaz.

você deve consumir uma das opções a cada três horas enquanto estiver acordado, em até uma hora depois de acordar e no máximo uma hora antes de ir para a cama.

Opções 

  
Opção 1: 50 g de whey, proteína do soro do leite isolada + meia xícara de nozes ou duas colheres de sopa de manteiga de amendoim 

Opção 2: 230 g de peixe sem gordura branco cozido (nada de salmão, cavala etc.) + meia xícara de nozes ou duas colheres de sopa de manteiga de amendoim. 
  • Entre os peixes permitidos estão atum, peixes de carne branca, perca, bagre, lúcio, pescada e linguado, mas não é preciso se limitar a eles. 

Opção 3: 230 g de peru ou frango cozido + meia xícara de nozes ou duas colheres de sopa de manteiga de amendoim. 

Opção 4: 230 g de proteína com mais gordura cozida: carne vermelha (tipo fraldinha), carne moída, peixe gorduroso ou galinha caipira + uma colher de sopa de azeite de oliva ou de óleo de macadâmia. 

Opção 5: cinco ovos (será mais fácil comê-los se estiverem cozidos) 


___________________________________________________________________

  • Fonte: retirado do livro "4 horas para o corpo", apenas modifiquei superficialmente para facilitar a leitura

13 julho, 2021

[Palestra] Críton de Platão (2010)/José Monir Nasser

    




 

Introdução


Críton é um diálogo entre Sócrates e seu amigo rico Críton em matéria de justiça, injustiça, e a resposta apropriada à injustiça. Sócrates acha que a injustiça não pode ser respondida com a injustiça e se recusa a oferta de Críton de financiar sua fuga da prisão. Wikipédia

Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


Citação 


"Um fato intermediário é que um amigo de infância de Sócrates, chamado Críto ou Crítão – depende da tradução que você usa – dois dias antes do dia fatal soube da notícia de que o barco tinha saído de Delos e no dia seguinte chegaria a Atenas.
Esse Críto suborna os guardas da prisão para que Sócrates pudesse fugir na noite da antevéspera do dia fatal. Sócrates recusa-se a fugir, e essa história está contada num diálogo chamado Críto. Diz que não vai de jeito nenhum, o que vão falar dele, o que vão achar dele, que passou a vida sendo ajudado pela cidade, e quando a cidade de alguma maneira o persegue, então agora ele foge? Como é que ele vai ter moral para pregar qualquer coisa para qualquer outra pessoa, tendo em vista o fato de que ele fugiu?
O diálogo é maravilhoso, magnífico. E Críton não tendo conseguido convencer Sócrates a fugir, a história toda vai para o dia em que começa o nosso diálogo, que é o último dia da vida desta pessoa extraordinária chamada Sócrates"


Obras Mencionadas


 



 

Conclusão



Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!


_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml

[Palestra] As Seis Doenças do Espírito Contemporâneo (2010)/José Monir Nasser

  


Introdução

Constantin Noica é um filósofo romeno. Seus estudos se distribuíram em todos os campos filosóficos, notadamente epistemologia, filosofia da cultura, axiologia, antropologia filosófica, ontologia e lógica.
 

Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


Citação 

 
Nesta que é sua obra fundamental, o filósofo romeno Constantin Noica faz uma análise apurada das seis doenças espirituais do mundo contemporâneo. 

Ao lado das doenças somáticas, que conhecemos há séculos, e das doenças psíquicas, identificadas mais recentemente, existem outras, de ordem superior, denominadas doenças do espírito, ou doenças do ser, que Noica classifica em seis.

Três são provenientes da carência:

  • a todetite, que é a necesidade de encontrar o individual autêntico; 
  • a catolite, que é a carência do geral, típica do ser humano; e 
  • a horetite, que é a ausência de determinação.

As outras três são causadas pela recusa:

  • a acatolia, que é a recusa do indivíduo; 
  • a atodecia, que é a recusa ao geral, ao que é humano e individual; e por fim 
  • a ahorecia, que é a recusa das determinações.

Para chegar a tais conceitos, Noica examina grandes obras da literatura e da filosofia ocidentais, tornando este livro um compêndio de neuroses, de personagens e mitos. Vale conferir este texto extremamente inventivo.

esquema retirado do livro


Obras Mencionadas


 

 
 

Conclusão



Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!


_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml

03 julho, 2021

[Palestra] Eutífron de Platão (2010)/José Monir Nasser

  




 

Introdução

 

"No início da era cristã havia um diretor da biblioteca de Alexandria chamado Trazilo, e este Trazilo dividiu todos os diálogos platônicos em tetralogias, em grupos de quatro. A primeira tetralogia é esta que eu acabei de descrever pra vocês: EutífronApologia de SócratesCríto Fédon. Sendo que Fédonde longe, é o mais complexo e extraordinário. Porque tem toda a filosofia platônica dentro de si" (Monir)


Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


Eutífron é um curto diálogo sobre a definição da piedade. Toda a estrutura está ordenada para responder diretamente à pergunta, “o que é a piedade?”. Vale ressaltar que o termo piedade denota uma virtude relacionada ao sagrado ou uma devoção ao divino. Sócrates e o personagem do título se encontram de passagem no pórtico do local reservado aos processos jurídicos. Eutífron acabara de acusar o pai pelo homicídio de um servo. Sócrates, por outro lado, está indo responder pelo crime de fabricar novos deuses e corromper a juventude, que como sabemos, posteriormente, culminará em sua condenação e morte. (mosteirodoconhecimento)
 

Trecho Destacado

 
The Death of Socrates By Jacques Louis David Hand


 Nenhum em especial, vide ainda a palestra sobre Apologia.

Não encontrei material escrito sobre essa palestra.

  

Conclusão

 

"Sócrates consegue que Eutífron volte para o mesmo ponto que havia refutado no início do diálogo, que a piedade seria uma expressão do que é amado pelos deuses. Dessa forma a idéia do adivinho seria instável, girando em círculos sobre o mesmo lugar.

Sócrates diz então: "se não distinguias com firmeza o que é piedoso do que não o é, não havia razão para acusar de homicídio seu velho pai". O filósofo o convida para continuar refletindo e buscando a resposta, até que tenha a firmeza necessária. Eutífron apresenta uma desculpa, falta de tempo, e se despede.

Nesse último ato, Platão mostra que as verdades devem ser buscadas em nós mesmos, em nosso íntimo, e que não é uma tarefa fácil; exige empenho, estudo, dedicação. Não conseguiremos nunca nos aproximar delas se fugirmos de nos indagar e tentar descobrir a sua essência. Devemos recusar o dogmatismo, o utilitarismo, o relativismo, e procurar nossas próprias respostas." (Marcos Junior)

 

Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!

_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml
  • Fontes: Nunes, Carlos Alberto. Marginalia Platônica. Belém: Editora Universitária de UFPA, 1973. Platão. Fedão. Belém: Editora Universitária de UFPA, 2002
  • https://mosteirodoconhecimento.wordpress.com/2016/12/22/eutifron-piedade/
  • http://caminhadafilosofica.com/filosofia-e-religiao/resenhas/platao/eutifron.html

26 junho, 2021

[Palestra] Fédon de Platão (2010)/José Monir Nasser

 

 


 

Introdução

 

"No início da era cristã havia um diretor da biblioteca de Alexandria chamado Trazilo, e este Trazilo dividiu todos os diálogos platônicos em tetralogias, em grupos de quatro. A primeira tetralogia é esta que eu acabei de descrever pra vocês: Eutífron, Apologia de Sócrates, Críto e Fédon. Sendo que Fédonde longe, é o mais complexo e extraordinário. Porque tem toda a filosofia platônica dentro de si" (Monir)


Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


Fédon é um dos grandes diálogos de Platão de seu período médio, juntamente com a A República e O Banquete. Fédon, que retrata a morte de Sócrates, também é o quarto e último diálogo de Platão a detalhar os últimos dias do filósofo depois das obras Eutífron, Apologia de Sócrates e Críton. (Wikipédia)

Trecho Destacado

 
The Death of Socrates By Jacques Louis David Hand



A verdade é que Sócrates era uma espécie de pobretão. Era filho de uma parteira chamada Feronete e de um escultor de pedras, não escultor no sentido artístico da palavra, mas no sentido de pedra de cantaria. Sendo filho desse casal, Sócrates não se tornou nunca na vida uma pessoa de posses. 

Passou a vida toda mais ou menos descumprindo as suas obrigações familiares de pai de família. Essa é a verdade. Sócrates só pensava numa única coisa, que era se levantar e ir para a praça pública, a ágora, em Atenas, onde passava o dia inteiro conversando com pessoas, quaisquer que se candidatassem a falar com ele, com o objetivo de, por meio dessa conversa, consertar a cabeça daquele com quem ele estava falando. Essencialmente é o que há aí: Sócrates achava que a sua missão sobre esta terra era ajudar os outros a desembarcarem das auto ilusões, dos enganos, das confusões que se faz nesse mundo das ideias

Cuidado com a expressão “tirano”, porque em português moderno parece sempre um sujeito muito mau. Dentro do conceito grego da palavra, tirano não é necessariamente um sujeito mau; é um rei que governa sem constituição. Um rei que governa arbitrariamente

Há grande diferença entre os diálogos socráticos e os platônicos. Todos são escritos por Platão, mas há esta diferença entre os dois: é que os diálogos  socráticos acabam, de modo geral, em aporias. A palavra “aporia” em grego tem o equivalente de “impasse” em português latino. “Impasse” é quando não consigo mais dar mais nenhum passo. E “aporia” quer dizer a mesma coisa em grego: apodos

Podos é pé em grego e o a é a partícula de negação. Portanto, o diálogo socrático quase sempre acaba numa situação em que ninguém consegue ir pra frente. Isso porque Sócrates não vai dar a resposta – e ele nunca quis dar resposta nenhuma. O que ele queria fazer apenas é que aquela pessoa que estava discursando e falando tivesse consciência de que ela não tinha a menor ideia do que estava falando


é o conceito hindu de metempsicose. Não é o conceito kardecista de reencarnação. Para um kardecista, uma pessoa nunca reencarna num animal, num ser que não seja outro ser humano. Mas, para os hindus, o conceito de reencarnação é assim, você pode reencarnar numa planta. É por isso que os hindus não comem carne, porque têm medo de fazer churrasco com a tia, a avó, o tio, ou coisa que o valha. Compreenderam?

 


Destino das Almas Após a Morte (Segundo o Fédon)

1
Incuráveis

  • Cometeram faltas inaceitáveis.
  • (“roubos de templos, repetidos e graves, homicídios iníquos e contra a lei”).
  • Lançadas para sempre no Tártaro.

2
Curáveis

  • Cometeram crimes graves. (“violência contra pai e mãe e homicídios”) num
  • momento de cólera e se arrependeram.
  • Lançadas no Tártaro e depois de um ano atiradas no rio Cocito (homicidas) e no rio Piriflegetonte (violentos contra pai e mãe), de onde podem passar para o lago Aquerúsia, se perdoadas por suas vítimas.

3
Medianas

  • Cometeram faltas sanáveis.
  • Transportadas pelo rio Aqueronte, passam a residir no lago Aquerúsia onde se purificam pelo tempo “marcado pelo destino” e renascem como animais (e até como seres humanos, caso das melhores).
  • Destino da Maioria das Almas

4
De vida bela e santa
  • Atravessaram a vida com pureza e moderação.
  • Vivem na terra, mas as purificadas pela filosofia são instaladas em lugares boníssimos.


Obras Mencionadas


 
A Sabedoria Das Leis Eternas
 - Mario Ferreira dos Santos


tradução recomendada

Conclusão

 

"Não há nenhum outro diálogo platônico em que ele tenha ido tão a fundo na descrição da teoria das formas como nesse aqui. Portanto, é a referência mais íntegra de todas. Sugiro muitíssimo que vocês leiam essa obra inteira. Porque o resumo que é feito aqui não consegue obviamente dar a dimensão verdadeira do conteúdo da obra."


Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!

_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml
  • Fontes: Nunes, Carlos Alberto. Marginalia Platônica. Belém: Editora Universitária de UFPA, 1973. Platão. Fedão. Belém: Editora Universitária de UFPA, 2002

12 junho, 2021

[Palestra] A Consolação da Filosofia de Boécio (2010)/José Monir Nasser

   


 

Introdução


Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


"Escrita na prisão por um condenado à morte, essa obra latina do século VI não deve nada, ou deve muito pouco, às circunstâncias "trágicas" de sua composição. Trata-se de uma obra-prima da literatura e do pensamento europeu; ela se basta, e teria o mesmo valor se ignorássemos tudo a respeito daquele que a concebeu entre duas sessões de tortura, à espera de uma execução. Mas, dado que essa obra-prima não é anônima, nada perde por ter um autor e ser situada em suas circunstâncias, torna-se também, assim, o testemunho da grandeza à qual um homem pode elevar-se pelo pensamento em face da tirania e da morte."(Amazon)


Trecho Destacado


  as musas inspiravam Boécio a reclamar da vida e a se lastimar... quem deixou estas fulaninhas entrar aqui? Ela, a filosofia é quem tem autoridade para curar aquele doente – Boécio está sofrendo esta tensão: está ao mesmo tempo desolado e disposto a entender.

  é muito mais que uma consolação = é uma cura pela filosofia

   Ortega e Gasset diz que o maior projeto que um sujeito pode ter é o de ser um gentleman → significa lidar com serenidade, bom humor, e generosidade mesmo estando em desgraça – o gentleman vive acima do patamar da Fortuna – ele não se deixa iludir nem hipnotizar pela parte boa (portanto não é exibicionista nem esbanjador quando ganha na loteria) nem se lamenta quando perde o dinheiro... lida com as duas situações com a mesma naturalidade

quem se submete à Fortuna é um animalzinho selvagem – a contingência estabelece a sua própria vida nós somos humanos e devemos criar um projeto acima disso

como esquecer das glórias do passado – alguém chegou a uma idade e está impotente, é preciso se lembrar de quantas vezes não esteve impotente; doente que se lembre de quando tinha saúde, e assim por diante.


Obras Mencionadas




  • Livro: O Trivium: As artes liberais da lógica, da gramática e da retórica - Miriam Joseph
Romance por Jean-Paul Sartre



Livro: O Mito de Sísifo, 
de Albert Camus



Conclusão


"Há muitas maneiras pelas quais nós temos acesso a conhecer as coisas tais como elas são, mesmo que essas coisas tais como elas são sejam enigmáticas, e que não se possa saber muito delas a não ser a definição do enigma. O enigma pode ser definido, embora eu não consiga decifrá-lo, em última análise. Definir o enigma já é uma grande coisa. Pra começar a ler filosofia, Boécio é o melhor caminho. "


Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!

_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml

24 maio, 2021

[Palestra] Gênesis de Moisés (2010)/José Monir Nasser

 

 



Introdução


Mais uma grande palestra sobre um grande livro.


Trecho Destacado



Tradicionalmente atribuída a Moisés, que a teria recebido no Sinai por voltado ano 1400 a.C., a famosa “lei mosaica”, foi escrita, na verdade, por diversos narradores ao longo de muitas centenas de anos, a partir de tradições orais.

 Para os judeus, o Gênesis chama‑se “Bereshit”, que significa “No Princípio”. O nome “Gênesis” (como de resto o dos outros quatro livros) é grego, porque estabelecido na tradução “Septuaginta”, em que setenta rabinos, durante setenta dias, em 260 a.C., traduziram para o grego os originais hebraicos do Velho Testamento para atender judeus de língua grega

A obra que tem cinquenta capítulos narra a cosmologia judaica, o nascimento e a queda do homem, a destruição do mundo pelo dilúvio, seu repovoamento  pelos filhos de Noé, a história de Abraão e o início do povo judeu com as sagas de Isaque, de seu filho Jacó e, filho deste, José. A narrativa acaba com o estabelecimento dos judeus no Egito

Eva significa “desejo”. E o desejo passa a ser a mãe da humanidade. O problema da humanidade passa a ser entender o que fazer com isso. Esse desejo é fundamentalmente descrito aqui nesses três primeiros capítulos que estabelecem toda a estruturação do pensamento judaico. Nesses três capítulos, que nós lemos aqui com pormenores, está estruturada completamente a concepção existencial, a concepção
cosmológica judaica: o homem é um ser no meio, entre o céu e a terra. Quer dizer, ele está entre o espírito e a matéria. E ele tem consciência disso. 

Ele tem consciência de que representa simbolicamente Deus. Ele é uma espécie de modelo divino. Foi criado à imagem e semelhança. No entanto, ao ter comido esse fruto, ou seja, ao ter experimentado os frutos da terra e ter  percebido que há muita coisa nesse mundo que podia ser mais gostosa e mais agradável, o homem cria então uma tensão interna permanente entre o desejo de atender o céu, e subir, e o desejo de descer para a terra. Esse é o mundo em que nós vivemos. Essa é a situação existencial que nós vivemos. Adão! Simbolicamente todos os homens fizeram a escolha errada e fomos então expulsos do paraíso


Autores Mencionados



Conclusão


Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!

_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/jose-monir-nasser-e-homenageado-no-teatro-sesi---campus-da-industria-1-14094-247610.shtml


21 maio, 2021

[Palestra] Apologia de Socrátes de Platão (2010)/José Monir Nasser

 



Introdução


Ler grandes obras demanda um grande esforço.

Acredito que o esforço é compensado pelo conteúdo das ideias absorvidas.

Nada como um "facilitador" para tornar essa atividade mais agradável: hoje temos desde livros introdutórios a cursos pagos disponíveis. 

Tenho ouvido as palestras do Prof. Monir Nasser, que estão disponíveis gratuitamente no youtube como uma forma de entender melhor obras que foram escritas há séculos e cujo significado pode ser de complexo entendimento.



Trecho Destacado

 


(...) Sócrates, que quando é condenado à morte, diz assim: “Bom, pessoal, então terminado o julgamento, vamos embora. Eu vou para a morte, vocês vão pra vida. Só Deus sabe quem faz o melhor negócio”. É o que Sócrates diz nas últimas linhas da Apologia. Mostrando que como para ele, Sócrates, nunca interessaram questões do mundo, ele então se encontrava num estado talvez até privilegiado, porque “no outro mundo seguramente haverá pelo menos justiça”, ele diz assim para debochar do tribunal


 Sócrates argumenta que ir para o exílio seria equivalente a desobedecer a um deus e que o “maior bem para um homem é justamente este, falar todos os dias sobre a virtude e os  outros argumentos sobre os quais me ouvistes raciocinar, examinando a mim mesmo e aos outros, e, que uma vida sem exame não é digna de ser vivida”.

 

Autores Mencionados



  • “Apologia de Sócrates”, de Platão, da edição Ediouro, Rio de Janeiro, 18 a edição, tradução de Maria Lacerda de Moura.
  • O Bode Expiatório -  René Girard (o autor é mencionado, mas não o livro)
  • Traduções de obras gregas por Mário da Gama Kuri

Conclusão


Enfim, uma ótima oportunidade de conhecer autores clássicos e de forma gratuita.

Recomendo.

Grande abraço!

_____________________________________________________________________

  • https://www.monir.com.br/index.php/11-jose-monir-nasser/32-listagem-de-arquivos-de-aulas
  • https://www.sesipr.org.br/cultura/literatura/novas-expedicoes-pelo-mundo-da-cultura-1-27853-367455.shtml


04 abril, 2021

[Youtube] Canal Nutricionista Rodolfo Peres (2010-)

 


Conheci o canal recentemente. 

Esse vídeo me parece esclarecedor e recomendo a visualização.

O autor tem alguns livros direcionados para leigos que pretendo ler com atenção no futuro.

Grande abraço!

 

__________________________________________________

  • http://rodolfoperes.com.br/

04 março, 2021

[Livro] Quanto Menos, Melhor (2010)/Leo Babauta

 

Foto da minha edição: dá pra ler em 1 hora
se já entende o o ZTD

Esse livro complementa (acrescenta uns 20% de ideias) o outro do mesmo autor (Zen To Done).

Uma pena estar esgotado, pois é permeado de boas ideias. Pensei em resumir, mas já fiz o resumo do outro livro; então ficaria muito repetitivo e chato.

Recomendo a resenha do André, do Blog Valores Reais.

Enfim, se um dia encontrar esquecido em algum sebo, vale a pena muito mais do que a maioria dos outros livros de auto-ajuda.

Grande abraço!

_________________________________________________________

  • http://valoresreais.com/2010/05/02/resenha-the-power-of-less-de-leo-babauta-livro-em-ingles/
  • http://menos1naestante.com/livro-quanto-menos-melhor/

01 janeiro, 2021

[Livro] Kiss Your Dentist Goodbye (2010)/Ellie Phillips


 

Aviso: traduzi no google tradutor, resumi e dei uma ajeitada, adicionei negritos, corrigi algumas concordâncias no texto. Não me responsabilizo pelos erros. Não há livro semelhante no Brasil.


PASSO 1: LIMPEZA DE PRÉ-LAVAGEM


As pessoas ficam surpresas que eu recomendo enxaguar a boca antes de escovar dentes, e o motivo pode surpreendê-lo. Uma grande porcentagem de adultos tem saliva ácida ou beba bebidas ácidas antes de escovar os dentes. 

Seus os dentes, portanto, já estarão amolecidos com ácido quando começarem a escovar. Dentes amaciados com ácido são facilmente desgastados, especialmente por uma escova de dentes revestida com pasta de dentes. 

Escovas mal projetadas, cerdas rígidas ou duras ou um abrasivo a pasta de dente piora esse problema. Os dentes mais facilmente danificados serão os primeiros atingem com a pasta de dente, geralmente na lateral dos dentes da frente, oposta à mão que segura a escova de dentes.

Algumas pessoas consomem bebidas ácidas antes de dormir. Cerveja, vinho, refrigerante ou bebidas cítricas podem amolecer o esmalte de seus dentes antes de você escovar eles. Por esta razão, faz sentido para todos enxaguar com um enxágüe ácido neutro, ou pelo menos água neutra em ácido (verifique o pH da água!), antes de escovar os dentes.

Eu sugiro usar um enxaguatório bucal com dióxido de cloro estabilizado chamado Closys Nos Estados Unidos (Retardex no Reino Unido) para uma pré-lavagem. Este tipo de enxágue é extremamente suave nos delicados tecidos da boca e ainda remove ativamente alguns tipos de bactérias nocivas da boca. 

Um enxágue com dióxido de cloro é mais eficaz se não tiver aroma. O incolor e o líquido sem sabor pode ser enfadonho, mas os usuários notam rapidamente seus efeitos. 

Enxaguar antes de escovar usando uma rotina que permite que os dentes posteriores sejam banhados no enxágue. A área ao redor dos dentes molares posteriores é onde a doença gengival geralmente começa. 

Este enxágue também é uma boa escolha para uso em um dispositivo de irrigação, como um Waterpik ou jato de água para limpar os dentes. 

Pessoalmente eu acho isso equipamento confuso e difícil de usar, mas alguns de meus pacientes têm muito opiniões positivas sobre ele e mostram ótimos resultados com ele.



 


ETAPA 2: ESCOVA DE DENTES

Posso não falar muito sobre o uso do fio dental, mas sou fanático por bons escovação de dentes. Em meu consultório, sempre participei do ensino de pacientes como escovar os dentes com eficácia. Eu geralmente fico atrás deles, dando meu pacientes um espelho para segurar para que possam me observar enquanto escovo os dentes. 

Dentro desta forma, os pacientes não apenas sentem os benefícios de uma boa escovação, mas também veem como isso é alcançado. Uma boa escovação de dentes é especialmente importante para o saúde de suas gengivas. 

Use um método que alcance todas as áreas de sua boca, especificamente a junção onde os dentes e gengivas se encontram. É importante escolher e manter uma escova de dentes que atinja esse objetivo. 

Selecione uma para sua eficácia, mas ainda mais importante, mantenha-o higiênico e limpo! Se vocês usar uma escova de dentes infectada, você corre o risco de introduzir novas bactérias e novos problemas em sua boca.

Pessoas desinteressadas ou deficientes provavelmente irão fazer um trabalho melhor com uma escova elétrica, mas uma escova manual cuidadosamente usada e bem projetada tem demonstrado em muitos estudos que funciona tão bem como qualquer escova elétrica atualmente disponível.


Escolhendo uma escova


A maioria das pessoas escolhe uma escova que é grande demais para sua boca ou que tem uma cabeça grande ou longa. Em geral, a cabeça de uma escova de dentes deve ser menor que uma polegadas de comprimento e deve ter uma alça que permita um aperto firme. 

As cerdas devem ter pontas arredondadas para evitar danificar as gengivas. Você pode acho que quanto mais cerdas uma escova tiver, melhor. Na verdade, um pincel grande é mais difícil de manobrar em torno do espaço limitado em sua boca, especificamente as áreas superior externa e inferior interna dos dentes molares.

Por outro lado, uma escova com poucas cerdas demorará muito ou possivelmente nunca faça o trabalho corretamente.

Muitas pessoas com dentes ruins apresentam problemas de reflexo de vômito, e todos

escova de dentes parece grande demais para eles. Eu sugiro procurar por um "zelador": pincéis com cabeças pequenas e cabos mais longos, encontrados pesquisando o Internet. 

Cabeças anguladas, cerdas levantadas, tufos oscilantes e cabos que mudar cores - as escovas de dente vêm em todas as formas, cores e tamanhos, cada prometendo um desempenho melhor do que o resto. Nenhuma evidência científica de que eu sou ciente de mostra que qualquer tipo de design de escova de dentes é melhor do que outro. A única coisa que importa é que você escove com eficácia. tenho certeza que seu higienista ficará encantado se você pedir uma demonstração em seu próxima visita!

O objetivo é escovar ativamente ao redor da gengiva na junção onde eles encontrar os dentes. Eu chamo isso de escovação de gengiva, em vez de escovação de dentes. Isto é importante que as cerdas não danifiquem as gengivas, por isso não devem ser muito duro ou muito rígido. 

A ideia é massagear e limpar as gengivas. Mais suave e mais cerdas permitem que você escove as gengivas com mais facilidade e muito com mais segurança.


Limpeza e armazenamento de uma escova

Embora as pessoas tenham começado a perceber os perigos de usar velhos e infectados escovas de dente, os relatórios ainda indicam que o americano médio não sabe como limpar uma escova de dente e só a substitui uma ou duas vezes por ano. 

eu também sugeiro que os pacientes lembrem de comprar uma escova nova para levar nas férias e jogue-o fora ou desinfete-o bem na volta. Pincéis armazenados molhados em sacos pode se tornar um verdadeiro perigo dentário.

Quando comecei a olhar escovas de dente no microscópio, comecei a sugerir uma rotina muito mais rigorosa para a limpeza da escova de dentes e substituição. As escovas devem ser limpas diariamente, usando um antibacteriano ou outro método de higienização. 

As escovas de dentes podem ser limpas passando o cerdas da escova em ½ oz solução antibacteriana não diluída (Listerine) por 30 segundos. Enxágue os líquidos desinfetantes em água corrente. 

Deposite a cabeça da escova para cima, em um copo, permitindo que as cerdas sequem completamente entre cada uso. 

Se suas condições de armazenamento forem úmidas ou molhadas, mofo ou bactérias crescerão facilmente em seu pincel, mesmo sob uma capa ou em um saco. Qualquer infecção em sua boca ou gengiva pode ser transferida para o seu escova de dentes, e usando uma escova infectada irá replantar essas bactérias em sua boca a cada uso.

Armazenar seu pincel perto de outro permite a transferência de bactérias de um pincel para outro. Este fato é muito importante se você está tentando elimine da boca as bactérias produtoras de cáries ou doenças gengivais. Isto é também de grande preocupação em escolas e creches, onde escovas infectadas pode transferir germes nocivos da boca de uma criança para outra. 

Evitar compartilhar pincéis sempre que possível, e lembre-se de que os pincéis de embrulho plástico ou armazená-los em sacos plásticos nunca é recomendado, a menos que foram primeiro desinfetados conforme descrito acima. 

Os criadores do UV esterilizadores para escovas de dente agora estão fazendo pequenas unidades portáteis para escovas de dente de viagem e as unidades parecem funcionar bem. Dependendo do condições de banheiro, algumas famílias podem ser capazes de manter suas escovas de dente mais limpo, armazenando-os em uma área de cozinha.


Escolhendo uma pasta de dente

A pasta de dentes é uma grande indústria. A maioria das pessoas foi afetada pelo poder de publicidade e pastas selecionadas, eles esperam curar quaisquer problemas dentários e melhorar seu sorriso.

Muitas pessoas são afetadas por produtos químicos antibacterianos e controle do tártaro ingredientes contidos em cremes dentais. Alguns desses produtos químicos oferecem proteção bacteriana, mas podem sensibilizar a pele da boca e causar feridas ou ulceração. 

Os pacientes raramente associam a ulceração bucal com seus pasta de dentes. Se você tiver um histórico de dor na boca, interrompa o seu pasta de dente e veja se as úlceras desaparecem.

Minha sugestão seria usar o mínimo possível de produtos químicos em seu boca! Encontre cremes dentais antiquados e enfadonhos que irão mantê-lo seguro e melhor protegido!

A pasta de dentes foi usada já no século IV. Egípcio antigo manuscritos descrevem uma pasta feita de sal, pimenta, hortelã e íris flor. Outros registros falam de pastas e pós feitos de cascas de ovo e cascos de animais. As pastas de dente modernas foram desenvolvidas no início de 1800 e originalmente foram dispensados ​​de um frasco. Não foi até o final de 1800 que um pasta de dente especial, o Creme Dentifrício do Dr. Sheffield, foi colocado em um tubo dobrável. A pasta de dentes primitiva continha ingredientes como mirra, sálvia, hortelã-pimenta, morango e eucalipto.

Hoje, muitos desses mesmos ingredientes são usados ​​em pastas de ervas (até mesmo a íris flor). A maioria das pastas contém fosfato bicálcico desidratado como um abrasivo para limpar os dentes. O creme dental abrasivo, frequentemente usado para o controle do tártaro, pode causar sensibilidade e pode realmente enfraquecer os dentes. O bicarbonato de sódio é uma escolha popular, mas com o uso prolongado também pode causar irritação na gengiva. 

Como eu indiquei anteriormente, alguns ingredientes antibacterianos e produtos de clareamento podem até ser classificados como co-cancerígenos, capazes de desencadear câncer em indivíduos com tendência ao câncer quando usado repetidamente ao longo do tempo.

Eu sugiro uma pasta que seja suave e não muito abrasiva, com o mínimo de aditivos que possível. Eu prefiro pastas que foram formuladas antes do advento do mania de clareamento, e eu recomendo o original Crest Regular Cavity Pasta de dente de proteção sem extras. 

Esta pasta é suficientemente limpa sem ser muito abrasivo. Ele contém fluoreto de sódio para fortalecer os dentes e se encaixa perfeitamente no sistema de atendimento que recomendo. 

Não espere sua pasta de dente para ser um balcão único para todas as suas necessidades dentais. Procure o Selo de aprovação ADA, que indica que a associação testou o produto para segurança e eficácia. Mesmo que você veja o selo de aceitação, não tire os olhos da lista de ingredientes! 

É tecnicamente possível limpe seus dentes de forma eficaz sem qualquer pasta de dente, ou você pode usar um solução de xilitol (meia colher de chá agitada em duas onças de água), uma boa opção para qualquer pessoa com a boca muito seca ou que também encontre pasta de dente normal forte no sabor. 

Alternativamente, use um pouco de enxágue bucal com flúor (ACT) em sua escova de dente é outra sugestão para alguém com uma boca delicada e dentes danificados.


PASSO 3: ENXAGUAR (DUAS VEZES) APÓS A ESCOVA

Eu recomendo uma sequência de mais dois enxaguatórios bucais depois de escovar os teus dentes. Os enxágues têm várias químicas e, portanto, efeitos diferentes.

Meu sistema usa enxaguantes que reduzem a chance de desenvolver doenças nas gengivas enquanto constrói a força de seus dentes. Um enxágue segue o outro. Juntos, esses enxaguatórios bucais deixam seus dentes incrivelmente limpos e com o tempo, você notará benefícios notáveis.

Um anti-séptico é usado primeiro para enxaguar a pasta de dente de seus dentes e matar germes de placa imatura. 

O maior problema com a maioria dos anti-sépticos bucais enxágue é que eles geralmente são altamente ácidos. Se um enxágue ácido permanecer seus dentes, tem o potencial de amolecer o esmalte dentário e fazer com que se torne fraco e quebradiço. Os enxágues mais eficazes também contêm uma alta porcentagem de álcool, que pode secar a boca. Condições secas e ácidas criam o terreno fértil perfeito para bactérias bucais prejudiciais, crie mais acidez na boca. 

Deixar um enxágue ácido nos dentes pode potencialmente criar condições que levam à irritação e infecção da gengiva, dentes amolecidos, cáries e até mau hálito.

O problema pode ser particularmente frustrante para pessoas que têm uma seca boca ou dentes previamente danificados por ácido. Essas pessoas acham ácido os enxágues antibacterianos tornam o esmalte dos dentes tão macio que pode ser desgastado por apertar e ranger os dentes à noite. 

Idosos costumam usar enxaguatórios antibacterianos para seus problemas dentários, mas sem umidade suficiente para diluir e lavar a acidez dos enxágues anti-sépticos, os danos podem resultado. Quem pensaria que um enxaguatório bucal poderia realmente promover problemas odontológicos?

Eu sugiro o uso de um enxágue anti-séptico seguido imediatamente por um protetor enxágue, assim como nos cuidados com a pele, as pessoas são sempre aconselhadas a seguir o toner com um hidratante. Enxágue bem a boca com um anti-séptico e, assim que ao cuspir, use um enxágue protetor. Os enxágues anti-sépticos podem ser agressivos, mas use-os rapidamente ou mesmo dilua-os com água morna, se necessário.


Enxágue anti-séptico

Listerine foi o primeiro enxaguante bucal a receber o selo de aceitação da ADA para ajudar a controlar a inflamação da gengiva chamada gengivite. O principal os ingredientes do Listerine são mentol, timol e óleo de eucalipto. Timol, um dos óleos essenciais mais eficazes, é um poderoso germicida e fungicida. O eucalipto é produzido a partir da árvore da goma azul, uma planta nativa de Austrália.

Testes recentes confirmam a eficácia do Listerine na remoção da placa dos dentes e mostra que enxaguar duas vezes ao dia é tão eficaz para remover placa como uso do fio dental uma vez por dia. Listerine exerce seu efeito antibacteriano principalmente em bactérias imaturas, portanto, é importante enxaguar a cada doze horas. 

O bônus de Listerine é que o enxágue atinge todos os pontos da boca, enquanto apenas cerca de 25% da boca é limpa com fio dental e escovação.

Algumas pessoas se preocupam com a quantidade de álcool etílico no produto, mas muitos estudos da ADA e do National Cancer Institute mostram isso ingrediente para ser completamente seguro. Outra preocupação levantada nesta era do uso excessivo de antibióticos é se uma tolerância ou resistência seria criada pelo uso regular. 

É reconfortante ler os estudos e descobrir que o essencial os óleos contidos no Listerine não resultam em tais complicações de resistência.

Ainda hoje, com todas as alternativas disponíveis, Listerine parece ser uma das os mais antigos e mais eficazes enxaguatórios bucais disponíveis.

Ao selecionar a partir da variedade de opções de sabor de Listerine, procure o fórmula original ou um sabor que você pode tolerar. 

Evite enxágues que são anunciados para controle de placa, clareamento ou outras características desnecessárias.

Certifique-se de comprar um produto que tenha o selo ADA na garrafa; a o original genuíno pode ser o melhor. Se necessário, enxágue rapidamente ou dilua o enxágue até o seu próprio nível de tolerância. O mais importante de tudo, não deixe o enxágue os dentes quando for para a cama! Listerine é ácido e pode potencialmente ser um problema, então certifique-se de lavar os dentes com uma última enxágue protetor para completar o sistema sugerido.


Enxaguamento protetor

Para dentes brilhantes, fortes e saudáveis, eu recomendo um acabamento com flúor diluído enxágue para proteger os dentes na conclusão do sistema. Embora eu filtre flúor da minha água potável, eu sou um defensor do uso de 0,05 por cento enxágue com fluoreto de sódio, chamado enxágue anti-anticavidade ACT como parte do meu sistema de higiene bucal para adultos, especialmente antes de dormir. 

É especialmente importante se você têm dentes danificados ou fracos, falta proteção natural (boca seca), ou são meia-idade ou mais (com alto risco de doenças e danos odontológicos).

Uma lavagem com flúor terá um efeito fortalecedor no esmalte dos dentes, reconstruindo-o para uma força extra-dura. O volume de enxágue de flúor em seu boca não é importante; mais importante é quanto tempo o enxágue permanece em contato com os dentes. Mantenha o enxágue com flúor na boca enquanto possível e de preferência que seja a última coisa a fazer antes de ir para a cama, que uma fina película de resíduo permanece em seus dentes enquanto você dorme. Quanto mais tempo você mantém o flúor do lado de fora de seus dentes, mais fortalece o esmalte de seus dentes.

Perguntaram-me se a lavagem com flúor é desejável se você vive em um área fluoretada. A resposta depende do estado de seus dentes. Se você precisar ajuda para dentes moles, danificados ou cariados, enxágue com flúor vai melhorar sua força e condição. Se seus dentes são sensíveis, se eles lascam ou têm recheios, um enxágue com flúor os protegerá e fortalecerá esmalte circundante. O enxágue com flúor é uma boa escolha para um enxágue final se você tem alguma obturação prateada ou branca na boca, pois vai ajudar mantém a força do esmalte e ajuda a evitar reparos. 

Dependendo do tipo de obturação que você tem, isso pode te salvar de possível exposição a mercúrio e suas consequências muito negativas. 

Por razões preventivas, enxaguar com flúor é mais saudável do que ter uma doença na boca, e o os benefícios tornam-no digno de ser adicionado à sua rotina diária de higiene bucal.

Para quem se recusa a colocar flúor na boca, o próximo melhor enxágüe seria aquele contendo todos os ingredientes naturais e xilitol.



Kit Vendido nos EUA pela Autora:

  • 1 x 16 oz Closys
  • 1 x 18 oz ACT (Mint Flavor)
  • 1 x 500 ml Listerine (Cool Mint Flavor)
  • 1 x 6.4 oz tube Crest Cavity Protection Toothpaste
  • 1 x Instruction Booklet
  • 1 x 250 ct jar of Zellies Cool Mint Mints or Spearmint Mints (varies)
  • 1 x 250 ct jar of Zellies Cherry Berry Mints or Cool Fruit Mints (varies)

25 abril, 2020

[Livro] Qual é a tua Obra? (2010)/ Mario Sergio Cortella - Parte II



>>Gestão pessoal, gestão vital

Quando o modelo de vida leva a um esgotamento, é fundamental questionar se vale a pena continuar no mesmo caminho.

"De nada adianta a um homem ganhar o mundo se ele perder sua alma" (Mt 16,26)

(...) pense se o caminho que você está escolhendo pode ser um caminho em que você está só se ocupando, mas não está vivendo de fato. Ocupação não é sinônimo de vida, é sinônimo de vida, é sinônimo de vida, é sinônimo de atividade.


>> Fundamental é chegar ao essencial

Sim, sem dinheiro não se vive, mas só com dinheiro não se vive.

Fundamental é tudo aquilo aquilo que o ajuda chegar ao essencial.


>> Aquilo em que me reconheço

Qual é a diferença entre líder e liderado? É a circunstância. Ou seja, a ocasião ou a situação. 

O líder é aquele que tem uma força intrínseca e qualquer um de nós pode sê-lo. depende da circunstância e da disposição, aquilo que Maquiavel chamava de juntar a virtu com a fortuna, ou seja, a capacidade com a ocasião, a virtude e a sorte.


>> Um grande passado pela frente

(...) nem tudo que vem do passado é para ser descartado, há aquilo que vem do passado e precisa ser guardado, protegido, levado adiante. O que a gente chama de tradição. Aquilo que vem do passado e precisa ser jogado fora, descartado, deixado de lado, a gente chama de arcaico.

Cuidado com a autossatisfação. A satisfação paralisa, a satisfação entorpece, a satisfação adormece. Um filme bom é um filme insatisfatório. um livro bom é um livro insatisfatório. Na hora em que você termina de ler, fica olhando para aquelas páginas, querendo que continuassem.


"O animal satisfeito dorme" (Guimarães Rosa).


>> A renovação pelo outro

Cuidado com gente que concorda com tudo o que você faz. Gente assim:

a) não gosta de você;
b) começou a se preparar para lhe derrubar;
c) lhe despreza;
d) não se importa com você;
e) todas as alternativas acima.

Excelência não é um lugar aonde você chega. Excelência é um horizonte.

Há pessoas que desprezam o outro porque ele é muito jovem e há os que desprezam o outro porque ele é muito idoso. Ambos os casos são tolices. Porque quem despreza o outro perde uma fonte de renovação.


>> Arte de liderar

(...) um poder que serve, em vez de servir, não serve.

As pessoas devem se sentir bem e ter alegria onde estão. Seriedade não é sinônimo de tristeza. Tristeza é sinônimo de problema.

Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um com um pão, e, ao se encontrarem, trocarem os pães, cada um vai embora com um. Se dois homens vêm andando por uma estrada, cada um com uma ideia, e, ao se encontrarem, trocarem as idéias, cada um vai embora com duas. (ditado chinês)


>> Os outros de nós mesmos

O arrogante acha que só tem um ponto de vista que vale: o dele.

"Um ponto de vista é a vista a partir de um ponto" (Leonardo Boff)

Ambiciosa é a pessoa que quer mais, gananciosa é a pessoa que só quer para si.

"nenhum incêndio começa grande" (Soldados do Corpo de Bombeiros).

>> Lembra-te que é mortal 


"O homem é um cadáver adiado" (Fernando Pessoa).

Se a gente pode e a gente quer, a gente deve.

"Conheço muitos que não puderam quando deviam porque não quiseram quando podiam" (François Rabelais).

Conclusão


Enfim, recomendo a leitura.

Grande abraço!

______________________________________________________

Fontes Consultadas


  • http://mariosergiocortella.com/