Mostrando postagens com marcador 2004. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 2004. Mostrar todas as postagens

21 agosto, 2019

[Doc] Super Size Me - A Dieta do Palhaço (2004)

Photo by Anderson Miranda from Pexels



1 - Introdução 



O mérito do documentário é buscar provar de maneira científica que fast food normalmente faz mal. O que ele não consegue.

O protagonista simplesmente se entope de refrigerante, hambúrguer e batata frita e fica doente. Ainda que falte um método científico nisso tudo, o mérito de Super Size Me é trazer a tona a discussão sobre a qualidade da alimentação.


05 agosto, 2019

[Curso] Como tornar-se um leitor inteligente (2004)/Olavo de Carvalho








Introdução


A habilidade de aprender pode ser desenvolvida por meio da leitura e de outras atividades.


Esse curso pode ser útil nessa empresa.




Conselhos Úteis




  • Perguntemo-nos então: Até onde vai o meu horizonte de consciência, e Até que ponto eu posso colocar, com clareza, a minha ação dentro desse horizonte de consciência, quais suas implicações, de onde estou partindo dentro desse diálogo? Quantas pessoas você acha que participaram de uma relação intelectual com a obra de Platão?
  • Quando entramos no mundo da cultura tomando essa precaução, estamos então mais conscientes do peso real do conhecimento transmitido. A leitura, nesse contexto, é apenas mais um instrumento para se adquirir o conhecimento. Devemos buscar não apenas o hábito de ler, mas sobretudo o hábito de aprender que é o fim último da leitura.
  • Ter em mente que nós não conhecemos o mundo, mas apenas uma fração dele. Estar aberto, não apenas para o conteúdo apresentado, mas também para a forma como ele me é apresentado. A maneira através da qual o outro me transmite aquela experiência diz muito sobre a própria experiência dele.
  • Ler cada frase como uma janela para um outro mundo, que para mim ainda desconhecido, deve ser uma prática constante. É com essa atividade imaginativa que nós engatinhamos na senda do aprendizado.
  • Nós captamos os padrões através dos símbolos que nos foram herdados pela cultura. Nós devemos ler aquilo que nos ofereça o máximo de lucidez possível, quer essa lucidez não requeira muita dificuldade de lapidação para a aquisição do conhecimento, quer ela seja mediada por uma lapidação maior e um esforço extra.
  • Nos casos de dificuldade extrema, o melhor é ter paciência e ir devagar, achando outros meios para ajudar na compreensão do que quer que seja.
  • Leia somente aquilo que você queira reter na memória para sempre. Não leia muito. Leia o que é vitalmente importante e que você queira incorporar em seu modo de ser. Tudo depende da motivação daquilo que você está lendo.
  • Distinções entre Pensar, Meditar e Contemplar: Pensar é transitar de uma ideia a outra – em série. Meditar é rastrear o pensamento até aquela experiência concreta que o originou, Contemplar é enxergar todo o desenvolvimento do pensamento e das ideias, passando pela meditação, até enxergar todo o processo como uma obra de arte, como uma estrutura de conjunto, uma unidade, um símbolo.
  • a relação entre o objetivo último de todo aprendizado, mediante a leitura ou não, e as dificuldades imediatas, tem que aparecer de modo claro para você. E frequentemente ela não aparece. Assim, você se perguntará:
  • ‘Em que isto me auxiliará a alcançar o objetivo último?’ De início, uma coisa parecerá nada ter a ver com a outra. E por isso surgirá o problema do que você deve ler e estudar. A resposta é esta: leia e estude somente aquilo que pareça aproximar você da beatitude eterna. Aquilo que não tem para você o atrativo da felicidade eterna não lhe dará forças para aprender, e, na verdade, não há razão alguma para aprender.”


Textos e indicações




  • Ler um dicionário de filosofia não muito grande e lei a
    definição de cada palavra e tente imaginar aquilo concretamente



Conclusão


Aprender é a habilidade mais importante.


Grande abraço!









______________________________________________________





30 junho, 2017

[Livro] Como Passar em Provas e Concursos(2004)/ William Douglas



Introdução 

Atualizado em 23/03/2018


Sempre acreditei em métodos, caminhos mais fáceis ou menos complicados para se chegar a certos resultados. 

No começo da faculdade eu não sabia estudar da maneira correta, não conhecia técnicas nem nada, pois nunca havia levado a sério o estudo.

Então comecei a procurar um livro que me ensinasse...

Minha Experiência



Encontrei alguns, mas o do Willian Douglas foi o que mais me chamou atenção, pois o autor era brasileiro, da área jurídica e tinha (e tem) um currículo excepcional.

Confesso que o livro era caro para os meus humildes padrões à época, mas valeu o gasto, pois me ajudou a ter um bom desemprenho na faculdade e em concursos públicos durante e depois. 


Aprendi e aprendo muito com o autor até hoje:


Clique para ampliar.

Conclusão 


Por tratar de assuntos essenciais ao bom desempenho durante o hábito de estudar e muito ter me ajudado durante minha caminhada, recomendo o livro a todos que buscam melhorar seu método de estudo.


Grande abraço!

P.s.: Para quem achar melhor, tem uma palestra do mesmo autor (1° Seminário Online - Como passar em concursos - William Douglas no Gran Cursos Online) que sintetiza bem o livro no youtube.
P.s2.: Existe também um audiobook do mesmo livro e narrado pelo autor.

_________________________________________________________________



Sites Consultados:

  • http://williamdouglas.com.br/
  • https://www.livrariaconcursar.com.br/produto/4451/audiobook---como-passar-em-provas-e-concursos_william-douglas
Meu resumo do Livro.