Mostrando postagens com marcador 1991. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador 1991. Mostrar todas as postagens

07 maio, 2019

[Lista] Um guia para ter cultura - Uma bibliografia básica (1991)/ Paulo Francis


Post em construção...







Os Sertões
de Euclides da Cunha.


Memórias Póstumas de Brás Cubas
Machado de Assis


Memorial de Aires
Machado de Assis

A Apologia
Platão
se informar sobre Platão na enciclopédia do seu gosto
Simpósio
Platão

Diálogo
Platão

As Vidas
Plutarco

Guerra do Peloponeso
Tucídides

Doze Césares
Suetônio

Declínio e Queda do Império Romano
Gibbon

Lógica da Pesquisa Científica
Karl Popper





o prefácio do Novum Organum, de Francis Bacon,
Os Princípios Matemáticos da Filosofia Natural, de Isaac Newton
o prefácio de Bertrand Russell e Alfred North Whitehead de seus Princípios da Matemática.
História da Filosofia Ocidental, de Bertrand Russell
Hamlet, de Shakespeare
Antígona, de Sófocles. Há uma tradução de Antígona, em verso, por Guilherme de Almeida, que Cacilda Becker representou no Teatro Brasileiro de Comédia.


A melhor história de Roma é a de Theodore Mommsem.


A melhor história da Renascença é a de Jacob Buckhardt.
Bernard Shaw - Leia todos os prefácios das peças dele. São uma história universal.
Pequena História do Mundo, de H.G.Wells, superada em muitos sentidos, mas insuperável como literatura.
Os livros de Peter Gay sobre o Iluminismo são excelentes.
As Confissões de Santo Agostinho
Não é preciso ler A Origem das Espécies, de Darwin, mas é um prazer ler Viagens de um Naturalista ao redor do Mundo
Cidadãos, de Simon Schama,
Edmund Wilson, Rumo à Estação Finlândia.
História da Revolução em França, de Edmund Burke, de 1790,

A revolução francesa (1788-1792) - Gaetano Salvemini
sukhanov livro revolucao russa 1917
A Revolução Russa, de Trotski,
A History of the United States of America, Hugh Brogan,
Dicionário de Economia, da editora Abril.
Guerra e Paz, de Tolstoi, e
Crime e Castigo, de Dostoiewski,
Proust é maravilhoso


Thomas Mann, Dr Fausto, A Montanha Mágica,
Há muitas obras que me encantaram e não estou, de forma alguma, excluindo autores ou quaisquer livros. A lista que fiz me parece o básico. Em algumas semanas, duas horas por dia, se lê tudo. Duvido que se ensine qualquer coisa de semelhante nas nossas universidades. Se eu estiver enganado, dou com muito prazer a mão à palmatória.
Por Paulo Francis, para o jornal — OESP — 30/05/91


__________________________________________________

  • https://sites.google.com/a/desculpeapoeira.com/www/paulofrancis2