30 janeiro, 2018

Impressora Epson EcoTank L395: Impressões

 


Introdução


Já tive Epson no passado e troquei por uma HP. Agora troquei a HP por uma Epson L395, em razão da tecnologia  Eco Tank.

Ela veio com 4 refis de tinta, cada com 70 ml. Cada refil original custa cerca de 60 reais no comércio. 

Na teoria "imprime até 7.500 páginas coloridas e 4.500 páginas em preto e uma garrafa de tinta EcoTank equivale a 35 cartuchos". Vamos ver se isso é verdade.

Comprei pelo mercado livre por 820 reais com frete grátis e ainda parcelei em 10X no cartão de crédito. Posso dizer que saiu mais barato do que comprar cartuchos todos os meses para a antiga impressora.


Minha experiência


Imprimo regularmente:


  • Quadros de horários de estudo;
  • Fichas ou flash cards (foto ao final);
  • Imagens diversas, que coloco no quadro de cortiça do meu cantinho.
  • Eventualmente, boletos, fotos etc;

Ela é lenta para imprimir fotos, mas me atende perfeitamente, pois imprimo poucas fotos.

O wi-fi funciona normalmente.

O único defeito que percebi (já conhecia antes de comprar) é o fato de ela manchar um pouco as pontas do papel impresso. Nada de absurdo, mas é um defeito.


Correção de Cores




Conclusão


A escolha da impressora (ou não ter nenhuma) deve refletir suas necessidades.

Enfim, recomendo o modelo mencionado, pela boa relação custo X benefício apresentada pelo produto diante dos concorrentes.

Grande abraço!


_______________________________________________________________________



Fontes consultadas

  • https://epson.com.br/Para-casa/Impressoras/Impressoras-jato-de-tinta/Impressora-Epson-EcoTank-L395/p/C11CF46302
  • https://www.youtube.com/watch?v=tsvyafDeQIg&ab_channel=CorelDrawDesign%2CImagenseMoldes

Organizadores de Ambiente

 

Ilustração do Incrível Benett

Atualizado em 2021

I - Introdução


Gosto de organização, pois ela pode revelar a ordem interna da pessoa. Quando existe muita bagunça em casa, percebemos que a nossa vida se encontra também em desordem negativa. 

Em outras palavras: a harmonia do ambiente promove o bem-estar interior das pessoas e a desordem causa uma tensão visual, uma sensação de caos e falta de motivação, devido a sobrecarga de estímulos.

Nisso entram o organizadores como uma forma física de racionalizar o caos natural dos objeto em um ambiente.

II - Meus Favoritos



1) Caixa Organizadoras




Caixas Dello: pena que não
vendem mais desse modelo


 
"Central de carregadores" - assim centralizo todos os carregadores na sala de estar
/hall de entrada, sem poluir demais visualmente o ambiente.

Aramados: belos, duráveis e versáteis

Caixa de ferramentas Bosch: tenho duas dessa.

bom para ficar dentro da caixa de ferramentas:
pena que não é muito resistente.


2) Porta Canetas ou Trecos (Organizador de Mesa)

Veio como brinde em um ovo de páscoa
Modelo da Acrimet: muito bom e prático

originalmente seria para colocar controles remotos, mas ficou bem prático
para guardar suprimentos da impressora e o líquido de limpeza de telas


3) Porta Revistas de Acrílico



excelente para colocar apostilas e outras
 publicações que têm capa mole



4) Cabide para porta

Para colocar algumas roupas/
acessórios de uso diário


5) Separador de Livros em acrílico





6) Organizadores de gaveta



 


7) Organizador de Dispensa

Diferentes modelos em diferentes momentos



 
Também ficaram bons para miniaturas na cristaleira: o único
 problema é que esse modelo de aramado de "aço" enferruja com o tempo,
 mas continuo usando porque tem a medida ideal para as prateleiras da cristaleira.



 

8) Gaveteiros

Gaveteiro Magus: excelente modelo - forte, resistente e
compensa o preço mais elevado.

Gaveteiro "Chinês" Genérico (marca desconhecida) - comprei pelo mercado livre
 e nunca mais achei outro semelhante por aí.
Muito bom e prático: perfeito para formatos até A4




III - Faça você mesmo (DIY)




Não sou artesão, mas acontece de um produto que comprei vir com uma resistente caixa de papelão em tamanho prático e utilitário.

Nesses casos encapo a caixa com papel contact colorido e está pronta uma nova caixa organizadora.


IV - Conclusão



A harmonia do ambiente promove o bem-estar interior das pessoas.

Nisso entram o organizadores como uma forma física de racionalizar o caos natural dos objeto em um ambiente.

Grande abraço!

_____________________________________________________



[Viagem] Férias Ilha Grande/RJ (2018)

 

acervo pessoal

A Ideia inicial


Em março de 2018 o objetivo era passar 6 dias em Ilha Grande, um lugar paradisíaco localizado na Costa Verde e aproveitar os roteiros turísticos comuns.

Nos primeiros dois dias tudo corria bem: a pousada era agradável e as trilhas bem interessantes.

O Fracasso parcial


No terceiro dia fui acometido de uma virose braba (febre + fraqueza) e ao ser atendido pelo médico do posto de saúde local descobri que isso era normal, pois a ilha sofre regularmente com surtos de dengue, febre amarela e outras patologias.

Isso se dá em razão da proximidade com a natureza selvagem e pela falta de um sistema adequado de saneamento básico.

Minha saúde melhorou lá pelo último dia e foi possível aproveitar mais um pouco desse cenário idílico. Algumas das belas fotos vocês podem conferir clicando aqui.

Os Custos Financeiros


DESPESAS
Pousada (6 dias)
R$ 1.300,00
Transporte (uber + táxi + lanchas)
R$ 530,00
Alimentação (duas pessoas)
R$ 1.000,00
Diversos
R$ 100,00
TOTAL
R$ 2.930,00

*Os custos foram absorvidos pelo adicional de férias.
*O aporte mensal não foi prejudicado.

Conclusão


Minha experiência foi um caso de azar e o lugar é lindo demais. Só não voltarei lá tão cedo porque tenho muitos lugares novos para conhecer.

Recomendo Ilha Grande.

Grande abraço!

_______________________________________________________________

Fontes Consultadas


  • https://viagenscinematograficas.com.br/2017/02/o-que-fazer-em-ilha-grande-rj-roteiro.html
  • http://www.pousadadosmeros.com.br/
  • https://oglobo.globo.com/rio/febre-amarela-ameaca-turismo-na-ilha-grande-22454576
  • https://pt.wikipedia.org/wiki/Saneamento
  • https://www.flickr.com/people/158284589@N02/


Impossível não lembrar de Vacation (1983)

19 janeiro, 2018

[Texto] Trainspotting 2: Escolha a vida

 




A duologia Trainspotting é acima da média por várias razões. 

O que eu mais gosto do primeiro é o fato de mostrar a vida doida e desregrada dos protagonistas, mas sem romantizações.

No segundo filme, é prazeroso ver como os personagens, bem mais velhos, se saíram em suas respectivas vidas, tudo no mais literal estilo "você colhe o que planta". 

Nesse filme um dos melhores diálogos é o do texto abaixo, que adaptei para o presente post.


Grande abraço!



"Escolha a vida".


"Escolha a vida" era um slogan de uma campanha anti-droga dos anos 80...

Só que nós adicionamos coisas.
Eu diria, por exemplo:

Escolha...

...uma lingerie nova na esperança de reviver
uma relação morta.

Escolha bolsas.
Escolha sapatos de salto alto.
lã caxemira e seda para sentir que qualquer coisa te faz feliz.

Escolha um iPhone fabricado na China por
uma mulher que pulou de uma janela...

e coloque-o em sua bolsa feita
em uma fábrica que pode pegar fogo a qualquer momento.

Escolha Facebook, Twitter,
Snapchat, Instagram...

... e milhares de outras maneiras ridículas
de expor e oferecer sua vida a estranhos.

Escolha atualizar seu perfil.

Diga ao mundo o que você vai para um almoço
na esperança de que alguém se importa.

Olhe perfis de ex-namorados, procure paqueras antigas, porque você
acha que é melhor do que eles.

Escolha postar um vídeo ao vivo de sua primeira masturbação, 
poste e partilhe tudo, até sua morte.
Interação humana reduzida
a mera informação.

Escolha 10 coisas que você não
sabia sobre celebridades.
Escolha ignorar tudo o que você não sabe sobre você...

Escolha gritar e reclamar sobre o barulho.

Escolha ouvir e contar piadas de estupro, pornografia,
vingança e pedofilia deprimente.

Escolha achar que nunca aconteceu o 11 de setembro e se aconteceu, 
escolha achar que foi causado pelos judeus.

Escolha uma jornada de 10 horas e uma
viagem de 2 horas para o trabalho...

...E, o que é pior, escolha a mesma merda para
os seus filhos.

E talvez você pense que
fosse melhor nunca ter existido; 
depois talvez possa relaxar e afogar a dor...
com uma dose desconhecida de uma droga desconhecida feita em uma cozinha.

Escolha promessas quebradas
escolha arrepende-se de tudo.

Escolha nunca aprender
com seus erros.

Escolha isso para ver a mesma porcaria de história se repetir.

Escolha apegar-se lentamente
ao que você pode conseguir em vez de lutar por aquilo
com o que você sonhou.

Escolha contentar-se com menos e com um sorriso no rosto,
escolha a decepção...

Escolha ignorar seus entes queridos, eles se vão, e um pedaço
de você morre com eles.
Até você ver que, no futuro, um
por um, todos desaparecem.

E não haverá nada mais de você que
Poderia te mostrar que você está vivo ou morto.

Escolha o seu futuro,
“Escolha a vida.”

__________________________________________________

Sites consultados:
  • http://sahgelk.blogspot.com.br/2017/06/escolha-vida.html                            

03 janeiro, 2018

[Livro] Organização Pessoal: para Usuários de Agenda de Papel Ou no Computador (2003)/ Marcelo Andrade


Introdução


Tempos atrás achei uma lista bibliográfica só com livros sobre organização e resolvi ler alguns. 

Dentre eles, achei bem legal o trabalho de Marcelo Andrade, que com apenas 95 páginas dá várias dicas bem legais.


Destaques 


Considero os pontos mais interessantes do livro:

  • O Princípio do Planejamento: pelo qual todo planejamento começa pelo fim que se deseja alcançar e retrocede ao presente para que possamos adaptar nosso tempo e força de vontade para garantir que o objetivo se realize;
  • Prazo de execução X Prazo Final: ideia pela qual devemos trabalhar não com o último dia de um prazo, mas com um prazo de execução, que é o agendamento de uma tarefa a ser realizado em data anterior ao prazo final. A ideia é não protelar ou adiar para a última hora.
  • Os exemplos gráficos de agendamento:


Conclusão 


Como o livro é bem curtinho, os exemplos são rápidos e sem enrolação e tudo que o Marcelo diz é lógico e coerente. Pena que não encontrei mais nada sobre o autor.

Enfim, seja usando seu celular, seja usando uma agenda de papel, não esqueça de registrar suas tarefas para não esquecê-las.

Grande abraço!


P.s.: O livro é bem barato e pode ser encontrado na estante virtual.

[Livro] Menos é Mais (2016) – Jay, Francine: Um Guia Minimalista para Organizar e Simplificar sua Vida

 

Li o digital e li novamente no papel.

Introdução


Atualizado em Novembro/2017

Minimalismo é um tema que gostei de abordar aqui blog. O livro de Francine é bem legal (li o ebook) e podemos dizer que é uma bíblia do minimalismo em 200 páginas. 

O mérito dele é explicar racionalmente porque devemos ter menos coisas e desarmar certos gatilhos de mentais que nos levam a guardar itens inúteis por mero valor sentimental:

"Não tenha nada em sua casa que você não considere útil ou bonito"




Conselhos Úteis



Recomeçar: Tirar tudo da parte escolhida. Se for uma gaveta vire-a de cabeça para baixo e jogue todo seu conteúdo no chão. Se for um guarda-roupa, tire tudo até que cabides, gavetas e prateleiras fiquem vazios;

Separar: separe as coisas em tralha, tesouro ou transferência.

Tralha: jogue fora tudo o que for claramente lixo;
Tesouro: coisas que você estima de verdade, seja pela beleza, seja pela funcionalidade.
Transferência: todos os objetos em perfeito estado que não servem para você. devem ser destinados á doação ou à venda.

Garantir: que tenhamos um bom motivo para cada objeto;

Encontrar: um lugar para cada coisa e pôr cada coisa no seu lugar;

Manter: todas as superfícies vazias ao máximo.

Arrumar: as coisas em módulos.


 - Limite sua coleção a seus favoritos e livre-se do resto; - Limite seus materiais a uma caixa de armazenamento; - Limite as posses de cada pessoa em seu respectivo cômodo; - O limite máximo de suas posses é definido pelo tamanho da casa ou apartamento.


Impor: limites a novas posses.


 - toda vez que um objeto novo entrar em casa, outro parecido precisa sair.


Restringir: os pertences.


 - O objetivo é realizar o maior número de tarefas com o mínimo de posses.
 - Não existe um número mágico de coisas que alguém deve ter.



Manter: fazer uma manutenção diárias reaplicando as regras anteriores. 


Conclusão



Enfim, esse livro é uma cartilha completa e mostra que o minimalismo é um processo contínuo. 

E como Bruce Lee descreveria: "Não é o acréscimo diário, mas o decréscimo diário. Corte fora o que não for essencial".

Enfim, recomendo.

Grande abraço!


P.s.: sobre o mesmo tema, recomendo o livro abaixo:

 

post aqui.


___________________________________________________

Sites consultados: